Espaço Paraizo Salão de Eventos – Itu – SP; será inaugurado em 2015 segunda-feira, dez 22 2014 

 Mais uma iniciativa do proprietário Joaquim Emídio Nogueira Bicudo, da Fazenda Paraizo, em Itu – SP, no intuito de transformá-la em autossustentável, para que a antiga Casa-Sede, ou Sobrado, seja restaurado e preservado para abrigar projetos sociais que beneficiem Itu e região.

Em breve, a antiga Tulha estará funcionando como um Salão de Eventos.

Antiga Tulha da Fazenda Paraizo, atual Espaço Paraizo Salão de Eventos - frente - com a roda d'água de origem inglesa preservada

Antiga Tulha da Fazenda Paraizo, atual Espaço Paraizo Salão de Eventos – frente – com a roda d’água de origem inglesa preservada

Dentro dela, as antiquíssimas peças de beneficiamento do café preservarão a História da época em que a Fazenda Paraizo foi uma das maiores produtoras de café do Estado de São Paulo.

Espaço Paraizo Salão de Eventos Itu SP

ESPAÇO  PARAIZO – SALÃO DE EVENTOS – ITU

Avenida  Ermelindo Maffei, km. 102   (antiga Rod. Dom Gabriel P. Bueno Couto)

(ao lado do Campos de Santo Antonio)

Telefone          (11) 4022 66 95        –          Celular  (11) 9.8219 38 67

Sorria Nº 39. Qual é a sua causa? | Revista Sorria* quinta-feira, ago 28 2014 

Edição agosto/setembro 2014 – Venda Exclusiva: Droga Raia. R$ 3,50.

Visite o “link” abaixo

Sorria Nº 39. Qual é a sua causa? | Revista Sorria*.

Ajude a fazer a próxima revista Sorria! Recebido em 18/11/2013 terça-feira, nov 19 2013 

Olá,

Estamos preparando a seção Aconteceu Comigo da próxima edição da revista Sorria (www.revistasorria.com.br) e mais uma vez pedimos a sua ajuda!

O tema da vez é: qual o amigo mais diferente que você já fez?

Estamos procurando relatos de amizades improváveis, de pessoas que, aparentemente, não combinam, mas que acabaram virando amigas e construindo uma relação sólida e especial. Podem ser histórias como:

– Quando a conheci, ela era a menina mais bagunceira da escola e eu, a representante de classe. Acabamos fazendo um trabalho em grupo e descobri na minha colega uma grande amiga, que me ensinou a levar a vida com mais leveza.

– Conheci meu amigo em uma viagem de férias com a turma. Cheguei atrasadíssimo para a partida e ele, muito pontual e organizado, ia me deixando para trás. Quando nos conhecemos melhor, descobrimos que, fora a organização, temos muito em comum.

– Minha amiga é daquelas pessoas sérias, que levam tudo com firmeza. O incrível é que eu admiro seu jeito ajuizado de viver e ela gosta da minha maneira alegre, de dar risadas com o que me acontece. Quando nos veem juntas, ninguém acredita que somos tão próximas!

– Tenho 66 anos e meu melhor amigo tem a metade da minha idade. Gostamos muito de conversar sobre diversos assuntos. Ele me ensina a ver a vida com outros olhos.

– Tenho uma amiga que adora viajar, fazer coisas novas e não para um minuto sequer! Eu gosto mesmo é de ficar em casa, sem muitas emoções. Não temos nada em comum, mas ela está sempre por perto quando preciso. Foi com ela que vi que podia deixar meus preconceitos para trás: uma boa amiga vai além das aparências.

– Conheci meu amigo na faculdade e estávamos sempre juntos. Depois, ele se tornou empresário e hoje tem um excelente salário. Eu resolvi fazer trabalhos sociais. Nossos estilos de vida são opostos, mas nossos laços continuam fortes. Estamos juntos nos momentos alegres e nos difíceis: uma amizade verdadeira vai além do dinheiro.

Você tem uma história assim? Conte para a gente!

Não se esqueça de informar, por favor:

Nome:

Idade:

Cidade/Estado:

Telefone (não vamos divulgar essa informação, é apenas para poder entrar em contato se ficarmos com alguma dúvida):

Nem todos os depoimentos poderão ser publicados na revista. Faremos uma seleção entre os relatos recebidos.

Para saber mais sobre a Sorria, acesse nosso site: www.revistasorria.com.br

Também estamos no Facebook: www.facebook.com/revistasorria

Muito obrigado!

Equipe Sorria

(11) 3024 2444

São Paulo – Minha Cidade quinta-feira, out 10 2013 

Fazia tempo que não visitava “São Paulo – Minha Cidade”, onde há relatos da prima Haydée.

Hoje, entrei no “site” e que surpresa agradável: novo visual e novas funcionalidades.

São Paulo – Minha Cidade.

Sorria 33 by Editora MOL – folheie a revista segunda-feira, set 30 2013 

Depois de folhear a revista, assim que passar por uma das lojas da Droga Raia, adquira a sua revista impressa.

Entenderá por que merece ser aguardada e comprada a cada edição.

ISSUU – Sorria 33 by Editora MOL.

Sorria Nº 33. A força do bom humor | Revista Sorria – à venda na Droga Raia segunda-feira, ago 12 2013 

Sorria Nº 33. A força do bom humor | Revista Sorria.

NOVO RESTAURANTE EM ITU= ESPAÇO SANTA RITA – também local de eventos = para 28/09/2013 quinta-feira, ago 8 2013 

Inauguração: 28 de setembro de 2013, sábado, a partir de 12h.

Vejam o anúncio enviado por Joaquim Emídio:

Inauguração 28/09/2013

Inauguração 28/09/2013

Prezados amigos,

Em breve, final do mês de setembro de 2.013, será inaugurado mais um ponto de atração turística de Itu.

É o Espaço Santa Rita, Restaurante que estará aberto de sexta-feira a domingo para almoço e que está  localizado na Fazenda Paraizo, na Av. Dr. Ermelindo Maffei, km. 102 ( antiga Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto) ao lado do Campos de Santo Antonio,  com uma vista deslumbrante para o rio Tietê e às margens da Rodovia, sem, no entanto, dar acesso a mesma.

Aguardem novas notícias a respeito.

Atenciosamente,

Joaquim Emidio

07/08/2013 16:29:39

Observação: A faixa, numa das fotos, indica que, pelo telefone (11) 9 74 37 51 19 (Getúlio) já estão sendo agendadas datas para festas de confraternização.

Curral - Espaço Santa Rita - Getúlio _JEmidio enviou

Curral da Fazenda Paraizo_acesso_JEmidio enviou

Curral Fabiana_JEmidio enviou

Abram o anexo (Power Point), abaixo, para conhecer o projeto do local.

ESPAÇO SANTA RITA – APRESENTAÇÃO – recebido 07maio2013 de JEmidio

Diva Depressão | Facebook quinta-feira, maio 9 2013 

Li, na revista “Veja”, Editora Abril, edição 2319, ano 46, n.º 18, 1.º/05/2013, páginas 136 e 137, a respeito dessa comunidade, no Facebbok, e sobre o lançamento do livro Diva Depressão – A Senhora dos Anéis – de Eduardo Camargo e Filipe Oliveira (Matrix; 160 páginas; R$29,90).

Abaixo, uma tentativa, por meio de “link”, do convite para o lançamento do livro.

Abaixo, o “link” para a comunidade:

Diva Depressão | Facebook.

Na edição da revista “Veja” consta a informação de que quinhentos mil (500.000) já a curtiram, além de partilhá-la – se entrar na página, observará que já são 595 mil – ; que, além do humor corrosivo, outro elemento que faz o sucesso da Diva Depressão é a capacidade dos rapazes para inventar memes; que, na criação da página Diva da Depressão, Camargo encurtou o título e os dois [Camargo e Oliveira] começaram a postar fotos de estrelas em preto e branco – porque é mais chique, como declaram – com frases que ouviam na rua, ditados populares e tiradas bem-humoradas que costumam praticar entre eles ou com os amigos.

O maior dos memes divônicos – ainda no texto publicado na “Veja” – é mesmo “eu já falei pra tu, menina”, acompanhado de algum conselho sentimental maroto e ilustrado pela antológica cena de Mammy apertando o espartilho de Scarlett O’Hara em …E o Vento Levou. “Eu já falei pra tu, menina: rouba o menino Jesus do presépio que é casamento na certa” foi uma das mensagens de Natal da Diva.

Na conclusão do texto da “Veja”, consta o seguinte:

Irreverentes em tempo integral, Eduardo Camargo e Filipe Oliveira garantem que não se irritam nem ficam magoados com os comentários agressivos que a falta de tato da personagem costuma provocar. Aos raivosos, eles dedicam a primeira frase do livro: “Não vim para agradar. Ainda bem, senão teria perdido a viagem”.

Ajude a fazer a próxima revista Sorria! Edição maio/2013 quarta-feira, fev 27 2013 

Olá,

Estamos preparando a seção Aconteceu Comigo da próxima edição da revista Sorria (www.revistasorria.com.br) e mais uma vez pedimos a sua ajuda!

O tema da vez é: o que é bom e custa pouco?

O que te deixa muito feliz e custa bem baratinho (ou até sai de graça)? Valem respostas de todos os tipos…:

– Tomar banho de mar;

– Comer aquela farofa que acaba com todos os problemas;

– Se emocionar com a novela;

– Dormir até mais tarde;

– Abraçar alguém que você ama;

– Brincar com um filhote de cachorro ou gatinho;

– Dançar a noite inteira;

– Cantar bem alto;

– Encontrar alguém que não via há muito tempo…

Você gosta de algo assim e quer contar essa história para a gente?

Não se esqueça de informar, por favor:

Nome:

Idade:

Cidade/Estado:

Telefone (não vamos divulgar essa informação, é apenas para poder entrar em contato se ficarmos com alguma dúvida):

Nem todos os depoimentos poderão ser publicados na revista. Faremos uma seleção entre os relatos recebidos.

Para saber mais sobre a Sorria, acesse nosso site: www.revistasorria.com.br

Também estamos no Facebook: www.facebook.com/revistasorria

Muito obrigado!

Equipe Sorria

(11) 3024 2444

Blogs – Imagens de Blogs para Orkut, Hi5 e Blogs terça-feira, jan 24 2012 

  Blogs – Imagens de Blogs para Orkut, Hi5 e Blogs

 

 

0008_gatos escalam tronco de árvore_meusrecadosdotcom0038_gatinhos com mensagem_meusrecadosdotcom

 0026_vários animais_meusrecadosdotcom

 0031_dois cachorrinhos_meusrecadosdotcom0032_gatinho na janela_meusrecadosdotcom

Fonte das imagens acima:

http://www.meusrecados.com/imagens_animais_filhotes.php

Tartarugas não gostam de bocejar – Supernovas – Ciência Maluca sábado, jul 16 2011 

Tartarugas não gostam de bocejar

Para os humanos e várias outras espécies de animais, o bocejo é contagioso. Já entre as tartarugas… Cientistas da Universidade de Radboud, na Holanda, passaram 6 meses ensinando uma tartaruga a, quando estimulada, abrir a boca simulando um bocejo. Quando finalmente conseguiram, puseram outras tartarugas para observá-la fazendo isso. Não deu em nada. (Texto de Tiago Perin, em Superinteressante, julho/2011, Supernovas, Ciência Maluca, página 24)

A fonte da ilustração da esquerda é: www.pixmac.com.br

A da direita, www.papeldeparede.etc.br

Embora pareça cultura inútil, há pessoas que se entediam com leitura, mesmo que seja muito importante, às vezes, essencial para sua informação.

Exemplos que tive em sala de aula, quando no exercício do Magistério: muitas vezes, eu não tinha uma cópia do que estava lendo para os alunos para que acompanhassem a leitura. Embora isso me afligisse, porque sempre considerei que acompanhar a leitura em voz alta por meio de uma cópia é uma ferramenta essencial para aprimorar a escrita e a fala, não havia como fazer isso.

Assisti, muitas vezes, alunos sob minha responsabilidade bocejar de tal modo acintoso que era possível, quando se sentavam nas primeiras carteiras, enxergar a garganta. Sem descrever, a fundo, o alto ruído que produziam.

Recentemente, ao fazer o pagamento de um profissional, por serviços prestados, eu mesma redigi o recibo e o li, em voz alta, antes que o referido profissional o assinasse. Bocejou de tal modo, enquanto eu lia, que me lembrei, de pronto, dos alunos mal educados, em sala de aula, que faziam o mesmo.

Reconheço, portanto, que, em matéria de leitura em voz alta, sou um tédio absoluto. Felizmente, não estou mais em sala de aula, isto é, para a felicidade dos alunos.

Embora, como digitei, a informação da Superinteressante pareça inútil, serviu para esta reflexão de minha parte: quando a pessoa nunca recebeu incentivo para leitura, dificilmente é uma produtora de texto, seja de um orçamento de prestação de serviço seja de um recibo para indicar que recebeu pelos serviços prestados.

Quem presta serviço tem que fazer o orçamento por escrito (segurança para ambos os envolvidos no processo). Quem recebe tem que fazer o recibo ou ler, atentamente, o que assina, quando o recibo está pronto (também uma questão de segurança para ambos os envolvidos no processo). 

Concluí, com o texto da “Super”, que não faz parte da natureza da tartaruga bocejar.

O bocejo indica extremo cansaço, eu sei. Indica, também, tédio, desinteresse, uma forma de agredir, às vezes. Mas, aparentemente, apenas nos seres humanos.

YouTube – Larry Griswold (1951) terça-feira, jun 21 2011 

 Recomendado pelo amigo Joaquim Emídio, em 14/06/2011, com a informação de que é uma participação de Larry Griswold no Frank Sinatra Show de 13 de novembro de 1951.

 

 

 

O novo padre da paróquia domingo, out 7 2007 

O novo padre da paróquia

15/05/2002

(“Rir ainda é o melhor remédio”, do extinto Armazém Literário: www.armazem.literario.nom.br/diversoes/rir/36_pagina36.htm)

            O novo padre da paróquia estava tão nervoso no seu primeiro sermão a ponto de quase não conseguir falar.

            Antes do segundo sermão, no domingo seguinte, perguntou ao Arcebispo como poderia fazer para relaxar e este lhe sugeriu que, na próxima vez, colocasse umas gotas de vodka na água, que, depois de uns goles, estaria mais relaxado.

            No domingo seguinte, o padre aplicou a sugestão e sentiu-se tão bem que poderia falar alto até no meio de uma tempestade, de tão feliz e descontraído que se encontrava.

            Depois de regressar à reitoria da paróquia, encontrou uma nota do Arcebispo dizendo:

            “Querido padre:

1 – Da próxima vez, coloque gotas de vodka na água e não gotas de água na vodka.

2 – Não coloque limão e açúcar na borda da taça.

3 – O missal não é um apóia-copo.

4 – O manto da imagem de N. S. J. C. não deve ser usado como guardanapo.

5 – Existem 10 Mandamentos e não 12.

6 – Existiram 12 apóstolos e não 10.

7 – Não nos referimos ao Nosso Salvador Jesus Cristo e seus apóstolos como “JC e sua Banda”.

8 – Não nos referimos a Judas como Chunda.

9 – O Papa é sagrado e não castrado e não nos referimos a ele como “O padrinho”.

10 – Judas não enforcou Jesus e Tiradentes não tem nada a ver com a história.

11 – A hóstia não é “chicletes”, portanto, evite tentar fazer bolas.

12 – Procure moderar-se no vinho e, mesmo assim, beba-o em uma taça.

13 – Backstreet Boys não estava na relação de música do coro.

14 – Não se deve apoiar na imagem de Nossa Senhora, muito menos abraçá-la.

15 – A iniciativa de chamar o público para dançar foi muito plausível, mas fazer trenzinho e correr pela igreja, não.

16 – Limite-se a sermões sobre religião e evite falar de futebol e política.

17 – Água benta é para se benzer e não para refrescar a nuca.

18 – As hóstias devem ser distribuídas para o povo e não usadas como aperitivo para acompanhar o vinho.

19 – Edir Macedo não é Diretor Financeiro da Igreja Católica.

20 – Procure usar roupas debaixo da batina. Evite abanar-se com a batina quando estiver com calor.

21 – O nome do Papa é João Paulo e não Leonardo e nenhum dos dois fez dupla com Xororó.

22 – Belém, onde Jesus nasceu, não fica no Pará.

            Pelos 45 minutos de missa que acompanhei, notei essas falhas.

            Lembro que uma missa leva em torno de 1 hora e não 2 tempos de 45 minutos.

            Numa missa, não se faz perguntas ao público nem existem cartas e universitários. Onde se reza a missa não é chamado de “Palco Mundo” e sim Altar.

            Aquele, sentado no canto do altar, ao qual se referiu como travesti de saia, era eu.

            Espero que tais falhas sejam corrigidas no próximo domingo.

Atenciosamente,

O Arcebispo”.