O terrível mundo dos comentários na Internet – Superinteressante segunda-feira, fev 16 2015 

De debates todos gostamos. Antes de seguir a leitura da sugestão abaixo, leia a postagem, neste blog, sobre um debate religioso (humor) entre uma igreja católica e uma igreja presbiteriana sobre a afirmação “todos os cães vão para o céu”.

De modo bem humorado (em inglês), a discussão jamais terá fim. Aparentemente, isso acontece com os comentários na internet.

https://maluber2.wordpress.com/2011/09/29/all-dogs-go-to-heaven-debate-religioso-humor/

“Por que sites de notícias e redes sociais são infestados de comentários cheios de ódio, rancor e extremismo? O que são haterstrolls? Do que se alimentam? Como identificá-los?”

É do que você tomará conhecimento se clicar abaixo.

Aproveite para ler os comentários que seguem o texto.

Superinteressante! Ah, esse também é o nome da revista da Abril e o texto é de outubro/2014.

O terrível mundo dos comentários na Internet – Superinteressante.

Anúncios

os abstratos poemas da resistência – Blog de Ricardo Augusto Carneiro segunda-feira, jan 5 2015 

Ricardo Augusto Carneiro, um ex-aluno sobre quem recebo notícias e, se Deus quiser, manteremos contato por meio de mensagens de e-mail.

Como é bom receber notícias de quem fez parte de nossa vida profissional e, a partir de agora, é um amigo.

Gostei do blog, Ricardo, pretendo retornar a ele com mais tempo.

os abstratos poemas da resistência.

Instant Discoveries – a mais nova ferramenta de MyHeritage sábado, dez 13 2014 

 É com imenso prazer que divulgo sobre a ferramenta “Instant Discoveries”, do MyHeritage, onde mantenho a árvore genealógica dos Bernardini, desde os bisavós Pietro e Maria Fortunata, enriquecida com informações sobre os Micai que me foram fornecidas por Geraldo Micai e com contribuição de vários descendentes tanto dos Bernardini quanto dos Micai.

Sent: Friday, December 12, 2014 12:23 PM

Oi Maria Lúcia,

tudo bem?
É com prazer que nós anunciamos a mais nova ferramenta de MyHeritage: Instant Discoveries™ – uma revolucionária experiência para todos com um interesse na genealogia, em especial para os iniciantes. Esta notícia foi mostrada até mesmo na TV americana: Fox News.

As Instant Discoveries™ mostram informações sobre antepassados e familiares já no cadastro no site de MyHeritage, uma introdução rápida e perfeita ao fascinante mundo da genealogia familiar. Basta incluir algumas informações sobre si próprio, sobre os pais e sobre os avós e o usuário estará entrando no mundo da genealogia com o pé direito – as nossas poderosas tecnologias irão buscar informações no banco de dados gigantesco de MyHeritage e também entre os nossos registros históricos.
Em poucos segundos os usuários podem ser surpreendidos com uma Instant Discovery™, que apresenta um provável familiar, juntamente com uma miríade de informações adicionais, incluíndo um ramo familiar inteiro, nomes, fatos, fotos e documentos. Os usuários podem então, com apenas um clique, adicionar todas estas informações às suas árvores genealógicas.
Para demonstrar como as Instant Discoveries™ funcionam, convidamos passantes de vários locais em Nova Iorque, como a Times Square ou a Central Station a testarem a nova ferramenta. As reações das pessoas, que participaram do teste, provam como a história familiar pode ser uma experiência super emocional e recompensadora, também para os iniciantes. Este vídeo é um dos mais bonitos jamais produzidos, na área da genealogia e aqui vai o link se quiser incluir diretamente no seu blog.

Ficariamos muito honrados se pudesse nos ajudar a espalhar esta notícia.
Segue abaixo a nota de imprensa e o link para o nosso blog.
Abraço,
Karen
Link para o blog:
http://blog.myheritage.com.br/2014/12/apresentando-instant-discoveries%E2%84%A2/

Nota de Imprensa:

MyHeritage lança ferramenta completamente única para levar a genealogia a todos

Com as Instant Discoveries™ leva apenas alguns segundos para descobrir antepassados e criar uma árvore genealógica repleta de familiares

SÃO PAULO, Brasil & TEL AVIV, Israel – 10 de dezembro de 2014. MyHeritage, o endereço número um para descobrir, preservar e compartilhar a história familiar, acaba de revelar a ferramenta Instant Discoveries™ (Descobertas Instântaneas), uma nova e revolucionária forma de explorar o passado da família. Informações sobre os antepassados e mesmo parentes mais próximos são fornecidas já no próprio processo de registro no site. As Instant Discoveriespermitem um acesso interessante, gratuito e traz uma recompensa imediata àqueles que se aventuram pelo mundo da história familiar.

Ideal para pessoas que ainda sabem pouco sobre a própria história familiar, durante o processo de registro no site, MyHeritage pergunta aos usuários iniciantes informações básicas sobre apenas 7 membros da família: eles mesmos, seus pais e avós. Assim, entram em ação poderosas tecnologias de busca que pesquisam informações sobre a família automaticamente no vastíssimo banco de dados de MyHeritage, com bilhões de registros históricos. Em segundos, os usuários recebem uma Instant Discovery exibindo um provável antepassado, juntamente com uma imensidão de informações relacionadas a ele, incluíndo um ramo familiar completo, nomes, fatos, fotos e documentos. Os usuários podem então utilizar todas estas informações na sua própria árvore genealógica, com um só clique.

“Estamos muito felizes com as Instant Discoveries™”, comenta Gilad Japhet, criador e CEO do MyHeritage. “É um deleite para qualquer usuário iniciante poder descobrir informações sobre sua família imediatamente, o que também vai de acordo com o nosso lema de fazer a história familiar mais acessível e prazerosa para todos. Nós realmente nos preocupamos em criar tecnologias inovadoras, para reinventar a maneira como a genealogia é explorada.”

Para mostrar as Instant Discoveries™ em ação, pedimos para passantes testar esta nova tecnologia em vários locais de Nova Iorque, como a Times Square ou a Grand Central Station. As reações das pessoas que participaram, veja aqui o vídeo, prova que a história da família pode ser uma experiência muito intensa e rica, até mesmo para novatos da genealogia.

As Instant Discoveries™ são fruto de uma nova tecnologia que aprimora as já conhecidas tecnologias de MyHeritage de Smart Matching™ e Record Matching, oferecendo excelentes resultados. Elas respeitam a privacidade dos outros usuários e exclui informações sobre pessoas vivas.

Mike Mallin, o Diretor de Produtos de MyHeritage complementa: “Milhões de pessoas querem entender melhor a si mesmos e querem encontrar suas raízes. Nosso trabalho é permitir que este seja um processo simples e mágico. Até agora, pesquisar a família era uma tarefa árdua, que requeria muito tempo. Através das nossas Instant Discoveries™, os usuários podem encontrar seus familiares instantes depois de se cadastrarem”.

A taxa de sucesso das Instant Discoveries™ depende de vários fatores, tais como o país de origem e o grau de detalhamento das informações iniciais. Em alguns países ela bate nos 35%. Com aproximadamente 1 milhão de novos perfis de árvore genealógica e 5 milhões de registros históricos sendo adicionados ao MyHeritage diariamente, esta marca vai se elevar constantemente com o passar do tempo. Nos próximos meses, esta tecnologia também estará disponível para os usuários antigos de MyHeritage, que serão capazes de tirar proveito da mesma para lançar novas informações em suas árvores, com apenas um clique.

Com o lançamento das Instant Discoveries™ e as notícias recentes de integração das tecnologias de MyHeritage por firmas líderes do mercado como a 23andMe, FamilySearch e outros parceiros ainda, MyHeritage está assegurando sua posição de líder tecnológico do mercado de genealogia.

Para testar você mesmo as Instant Discoveries™, vá até www.myheritage.com.br e faça o seu cadastro gratuito.

Sobre o MyHeritage

MyHeritage é o endereço ideal para descobrir, preservar e compartilhar a história da sua família. De forma inovadora e com o uso inteligente das tecnologias, MyHeritage está transformando a história familiar em uma atividade que é acessível e que dá resultados imediatos. Sua base de usuários global tem acesso a um banco de dados de registros históricos gigantesco, às coleções de árvores genealógicas mais internacionais e às tecnologias de busca por coincidências. MyHeritage é o ponto de encontro de milhões de famílias e oferece a elas um modo simples para a partilha da sua história, tanto a passada e a presente e é um verdadeiro tesouro para as gerações vindouras. MyHeritage está disponível em 40 idiomas.

www.myheritage.com.br

Contato:

MyHeritage: Karen Hägele
Country Manager Brazil
Fone: +55 (11) 3042 1278
Email: Karen.hagele@myheritage.com

Karen Hägele
Country Manager Brasil & Portugal
Fone: +55 (11) 3042 1278  karen.hagele@myheritage.com/www.myheritage.com.br
Blog MyHeritage BrasilFacebook MyHeritage BrasilTwitter MyHeritage Brasil


 

24 dicas práticas para o uso consciente da água – Planeta Sustentável – Editora Abril quinta-feira, set 11 2014 

24 dicas práticas para o uso consciente da água.

MyHeritage atinge novo marco: 5 bilhões de registros históricos! quinta-feira, maio 1 2014 

O blog do MyHeritage, em português, completa 04 anos.

Aproveite para ler sobre os 5 bilhões de registros históricos.

MyHeritage atinge novo marco: 5 bilhões de registros históricos!.

Você tem um sósia? – MyHeritage.com.br – Blog português domingo, fev 23 2014 

Mesmo que você ainda não tenha um “website” de família no MyHeritage.Com, nada o impede de acessar a postagem abaixo e as demais postagens.

Aos que têm “website de família, verifiquem esse recurso de reconhecimento facial para localizar sósias.

Você tem um sósia? – MyHeritage.com.br – Blog português.

APOD: 2012 July 10 – Happy People Dancing on Planet Earth segunda-feira, fev 10 2014 

Saiba algo sobre o idealizador dos vídeos:

http://www.wherethehellismatt.com/about

http://www.wherethehellismatt.com/about/faq#triplyrics

APOD: 2012 July 10 – Happy People Dancing on Planet Earth.

São Paulo, Minha Cidade e as histórias contadas pela prima Haydée segunda-feira, jan 27 2014 

Acessem as histórias contadas pela prima Haydée. São Pérolas, Resgate da Memória da cidade de São Paulo.

Primeira vez em São Paulo_por Haydée M Brock

Procurando Arnobio_por Haydée M Brock

Quase só para mulheres_por Haydée M Brock

Origem: São Paulo, Minha Cidade

Garanto que se interessarão, também, por outras histórias contadas pelos demais autores.

Compartilhando histórias de família com nossos maiores tesouros: nossos filhos terça-feira, jan 21 2014 

Imperdível essa postagem.

Você já pensou em ter sua árvore genealógica on-line?

É possível preservar tudo de que trata o texto da postagem abaixo e compartilhar com os membros da família.

Compartilhando histórias de família com nossos maiores tesouros: nossos filhos.

Santos-Dumont, de próprio punho domingo, dez 22 2013 

Sugestão da revista História Viva, História em cartaz, ano VII, n.º 78, Duetto Editorial, página 14:

Santos Dumont por ele mesmo – No intuito de divulgar a trajetória de um dos brasileiros mais ilustres de todos os tempos, o site Santos Dumont de próprio punho colocou à disposição dos internautas diversos documentos redigidos pelo inventor. Além das duas obras autobiográficas escritas em vida por Dumont – Dans L’air (lançada em 1904) e O que eu vi – O que nós veremos (1918) – o site disponibiliza textos e imagens oriundos de arquivos brasileiros e estrangeiros.

Para complementar as informações contidas nos livros, pesquisadores foram a diversos estados brasileiros, além de Portugal e França, para reunir dados sobre a biografia de Santos Dumont. Todo o material está disponível na página do projeto na internet, em português e francês.

Há, por exemplo, fotos, cartas e vídeos de época que mostram aspectos da vida social e fornecem amostras da produção intelectual de Santos dumont. Os visitantes também poderão conhecer a vasta bibliografia publicada sobre o inventor, em livros, revistas e até em histórias em quadrinhos”.

Santos-Dumont, de próprio punho ».

Era Virtual Museus – Visitas Virtuais terça-feira, dez 17 2013 

Indicação da revista História Viva impressa, página 10, ano VII, n.º 78, Duetto Editorial, com o título

Exposições na tela do computador – Visitar 12 museus brasileiros em um dia pode parecer impossível. O site Era Virtual, no entanto, promete transformar isso em realidade ao criar visitas virtuais gratuitas a instituições de quatro estados brasileiros: Minas Gerais, Santa Catarina, Goiás e Pernambuco.

Atualmente, já é possível ver na tela do computador os acervos do Museu de Artes e Ofícios (MG), do Museu Nacional do Mar (SC), da Casa de Cora Coralina (GO), do Museu Victor Meirelles (SC) e do Museu do Oratório (MG). Na sequência, outras seis instituições mineiras e uma pernambucana ganharão suas versões eletrônicas.

Para digitalizar os museus, os idealizadores do projeto fotografaram os espaços de exposição e seus acervos, para, em seguida, filmá-los em diversos ângulos e em alta definição. O sistema utilizado permite ao visitante virtual entrar no museu, avançar, aproximar-se de alguma obra ou voltar no momento em que quiser, sem itinerário obrigatório. O projeto pretende ajudar a suprir uma das carências culturais do país: segundo pesquisas, 92% da população brasileira nunca foi a um museu”.

Era Virtual Museus – Visitas Virtuais.

Na página principal, clique em “Visita Virtual” e saberá quais museus já estão disponíveis.

*********************************

Site da revista: http://www.historiaviva.com.br

Coisas da Roça e Na “colonha” tem = anexos Power Point com créditos quarta-feira, out 2 2013 

O Espaço Santa Rita Restaurante & Eventos foi inaugurado no dia 28/09/2013.

Como não tenho fotos desse dia, decidi inserir dois anexos, ambos recebidos do primo Sérgio, que têm tudo a ver com a localização do Espaço Santa Rita e com a história da Fazenda Paraizo onde esse espaço foi inaugurado, após restauro e reforma da cocheira dessa Fazenda.

Na colonha tem_com créditos_Primo Sérgio enviou 28julho2013

Coisas da Roça (2) GRSlides_recebido do primo Sérgio_30set2013

“Parece o Rio de Janeiro!” brinca papa ao ver muitos jovens durante o Ângelus – Notícias – Internacional domingo, ago 4 2013 

“Parece o Rio de Janeiro!” brinca papa ao ver muitos jovens durante o Ângelus – Notícias – Internacional.

Sacla Stage Shopera in London Foodhall – YouTube terça-feira, jul 9 2013 

Sugestão recebida do primo Sérgio:

FULI CULI FULI CULA

Uma das canções mais tradicionais para os italianos e descendentes de italianos

Sacla Stage Shopera in London Foodhall – YouTube.

Novo recurso: Extrair Informações de Registros – MyHeritage.Com terça-feira, maio 21 2013 

Novo recurso: Extrair Informações de Registros.

Arquivos do censo dos E.U.A. de 1790 até 1930 agora disponíveis em MyHeritage quarta-feira, maio 15 2013 

Atenção [escrita por Maria Lúcia]: têm acesso a esses registros, abaixo mencionados, apenas os usuários do MyHeritage.Com. Além disso, há, no texto, esta informação: “Exibir todos os registros e as imagens do censo requer uma subscrição de dados MyHeritage ou créditos pague-como-você-quiser”.

Olá Maria Lúcia,
Os registros históricos são importantes para qualquer pessoa interessada em sua história familiar, e registros de recenseamento estão entre os melhores registros disponíveis, porque eles documentam quase todos os que viviam em um determinado país, quando foi realizado um censo.
Hoje temos orgulho de anunciar a adição da coleção completa de sobreviver EUA dados do censo de cada uma das décadas de 1790 até 1930. Esses registros incluem um índice pesquisável enorme e todas as imagens digitalizadas dos documentos originais do censo, em aproximadamente cobertura total. 530 milhões de nomes. Este é um dos mais importantes conjuntos de dados para os genealogistas em todo o mundo, e agora está disponível para você em MyHeritage.
Isto vem acima do censo dos E.U.A de 1940 que lançamos em MyHeritage em abril de 2012, bilhões de outros registros históricos já oferecidos MyHeritage.
Os registros censitários de 1790-1930 podem variar na informação que prestam, mas em geral nos últimos anos, mais informação foi incluída. Estes registros de recenseamento normalmente incluem o nome, idade, endereço, local de nascimento, os membros do agregado familiar e ocupação. Encontrar uma pessoa em um registro de censo muitas vezes pode levar a descobertas adicionais.
Se a sua família inclui as pessoas que viviam nos EUA durante estes anos, e isso vale para a maioria de nossos usuários, você será capaz de encontrá-los aqui e saber mais sobre eles e, talvez, descobrir os membros da família que anteriormente não conhecia.
Pesquisar o censo dos EUA inteiro agora
Os registros de recenseamento estão livres para procurar e ver no extrato. Exibir todos os registros e as imagens do censo requer uma subscrição de dados MyHeritage ou créditos pague-como-você-quiser. Assinaturas de dados MyHeritage ainda são oferecidas com um desconto introdutório de 36% – a somente US $76,20 por ano em vez de US $119,40, então elas são um grande negócio. Obter a assinatura de dados agora para garantir o menor preço. Uma assinatura de dados abrange todos os registros sobre MyHeritage de todo o mundo, e todos os Record Matches.
Nossa tecnologia Record Matching automática foi desencadeada sobre os registros do novo censo dos E.U.A., e todos os usuários com árvores genealógicas em MyHeritage em breve receberão notificações automáticas sempre que encontrarmos seus parentes no censo dos EUA.
Adicionando os dados do censo dos E.U.A reforçamos nosso compromisso de fazer MyHeritage a melhor plataforma para a história da família. Esses registros são valiosos para os nossos usuários nos EUA e nossos usuários globais com parentes que emigraram para os EUA. MyHeritage é uma plataforma global e será adicionando durante 2013 e nos próximos anos, as coleções de arquivos significativos de outros países, para o benefício de nossa imensa base de usuários global. Excitantes desenvolvimentos estão a caminho.
Pesquisar o censo dos EUA inteiro agora
Divirta-se.
Equipe MyHeritage


Este e-mail foi enviado para facilitar a sua experiência no MyHeritage.com.
MyHeritage (USA) Inc., 4778 N 300 W Suite 230, Provo, UT 84604, USA

MyHeritage lança Record Detective™ para acelerar as descobertas da história da família | Business Wire terça-feira, maio 14 2013 

MyHeritage lança Record Detective™ para acelerar as descobertas da história da família | Business Wire.

Diva Depressão | Facebook quinta-feira, maio 9 2013 

Li, na revista “Veja”, Editora Abril, edição 2319, ano 46, n.º 18, 1.º/05/2013, páginas 136 e 137, a respeito dessa comunidade, no Facebbok, e sobre o lançamento do livro Diva Depressão – A Senhora dos Anéis – de Eduardo Camargo e Filipe Oliveira (Matrix; 160 páginas; R$29,90).

Abaixo, uma tentativa, por meio de “link”, do convite para o lançamento do livro.

Abaixo, o “link” para a comunidade:

Diva Depressão | Facebook.

Na edição da revista “Veja” consta a informação de que quinhentos mil (500.000) já a curtiram, além de partilhá-la – se entrar na página, observará que já são 595 mil – ; que, além do humor corrosivo, outro elemento que faz o sucesso da Diva Depressão é a capacidade dos rapazes para inventar memes; que, na criação da página Diva da Depressão, Camargo encurtou o título e os dois [Camargo e Oliveira] começaram a postar fotos de estrelas em preto e branco – porque é mais chique, como declaram – com frases que ouviam na rua, ditados populares e tiradas bem-humoradas que costumam praticar entre eles ou com os amigos.

O maior dos memes divônicos – ainda no texto publicado na “Veja” – é mesmo “eu já falei pra tu, menina”, acompanhado de algum conselho sentimental maroto e ilustrado pela antológica cena de Mammy apertando o espartilho de Scarlett O’Hara em …E o Vento Levou. “Eu já falei pra tu, menina: rouba o menino Jesus do presépio que é casamento na certa” foi uma das mensagens de Natal da Diva.

Na conclusão do texto da “Veja”, consta o seguinte:

Irreverentes em tempo integral, Eduardo Camargo e Filipe Oliveira garantem que não se irritam nem ficam magoados com os comentários agressivos que a falta de tato da personagem costuma provocar. Aos raivosos, eles dedicam a primeira frase do livro: “Não vim para agradar. Ainda bem, senão teria perdido a viagem”.

Lançamento: Family Tree Builder 7.0 quarta-feira, abr 24 2013 

Estou “repostando” (se é que exite esse vocábulo), pois, na minha ansiedade em partilhar esse lançamento, optei pelo caminho mais difícil, em vez de compartilhar a postagem do MyHeritage Portuguese Blog.

Lançamento: Family Tree Builder 7.0.

Conheça os sete pecados de quem vacila com a segurança na internet – Notícias – UOL Notícias segunda-feira, fev 18 2013 

Conheça os sete pecados de quem vacila com a segurança na internet – Notícias – UOL Notícias.

Winter, o golfinho fêmea com prótese = webcams voltaram ao normal segunda-feira, fev 4 2013 

Tive oportunidade de ver Winter nadando e brincando, inclusive na plataforma à beira da piscina do tanque, mas sem a prótese.

Fiquei curiosa, mas as webcams estavam em manutenção e acompanhava perguntas como: “O que há de errado com Winter?”, pois enquanto as webcams estavam em manutenção, havia a exibição de gravações.

Consegui captar a seguinte resposta à dúvida:

Por que Winter não usa a prótese o tempo todo?

Resposta de quem atende os participantes de “chat” no website:

Winter a usa duas vezes ao dia, para manter a coluna vertebral saudável. Não pode usar a prótese o tempo todo, porque os golfinhos mudam de pele a cada duas horas e seria desconfortável para Winter usá-la o tempo todo.

Para ver Winter, Panama, Hope:

http://www.ustream.tv/winterthedolphin

As webcams estavam em manutenção, mas já estão de volta. É possível ver os golfinhos mencionados acima em ângulos diferentes dos anteriores.

Se tiver sorte, haverá tratadores lhes dando atenção.

Teleportation in China – FULL Version Netsky – Escape Ft MC Darrison – YouTube terça-feira, jan 29 2013 

Recebi de meu irmão Agenor.

Com várias advertências do apresentador (não aparece aqui neste vídeo) de se é real ou falso.

Para mim, é falso, mas que foi muito bem feito, foi.

Teleportation in China – FULL Version Netsky – Escape Ft MC Darrison – YouTube.

Entrevista de meu sobrinho para o Did Deutsch-Institut em 21/11/2012 quinta-feira, nov 22 2012 

Tia com saudade ficou “cheia” de orgulho da entrevista que o sobrinho concedeu ao website da escola de alemão que está cursando desde agosto/2012:

did deutsch-institut – Washington Luiz @ did deutsch-institut Frankfurt.

Convergência Digital – Segurança – Skype vira alvo e está entre as principais ameaças na AL terça-feira, nov 6 2012 

Viu no que dá ser famoso?

Os cybercriminosos migram para onde os famosos estão.

Será que é de Confúcio (agora deve se escrever Confucio?) uma frase sobre não andar à frente nem no fim da multidão, mas no meio dela?

Convergência Digital – Segurança – Skype vira alvo e está entre as principais ameaças na AL.

Microsoft aposenta Messenger no 1.º trimestre de 2013; sistema ganha integração ao Skype terça-feira, nov 6 2012 

Às voltas com um novo navegador, estou às turras com as postagens diretamente da leitura de uma notícia, como eu fazia antes do falecimento do IE no meu PC.  No antigo navegador, eu tinha todas as ferramentas para inserir postagens em meu blog, além de poder me dar ao luxo de formatá-las, antes de publicá-las.

Não digitei que terei que aprender a ler e a escrever novamente?

Quando a postagem que me interessa não tem o “Compartilhar” e o “WordPress” dentre as permissões, fico dando voltas e voltas para a postagem.

Aí, vai mais uma péssima notícia para quem não tem interesse em Skype, Facebook… e  quetais.

http://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2012/11/06/microsoft-anuncia-aposentadoria-do-windows-live-messenger-sistema-ganha-integracao-ao-skype.htm

A quem não conseguir acessar esse link, ask Google… quem sabe eles permitam a divulgação por outros links.

Google encerrou suporte ao Internet Explorer 8 e complica Windows XP domingo, nov 4 2012 

Foi o meu caso, pois o meu sistema operacional ainda é o Windows XP. Demorei demais para tomar conhecimento de que o problema estava no Internet Explorer (IE 8), porque pensava tratar-se de problema de “PC movido a lenha”.

Encontrava várias dificuldades para a visita de sites com os quais lidava diariamente (The Breast Cancer Site, por exemplo, travava numa das abas e eu tinha que reiniciar todo o procedimento de abrir o correio eletrônico pelo qual recebo o lembrete diário para clicar no “site”  e de receber aviso, há muito tempo, em cada aba, que a página apresentava erro), além de ter parado de visualizar o website de família (acessava o website, recebia o aviso de concluído e ficava, aparvalhada, olhando para uma página em branco).

Entrei em contato com o suporte do MyHeritage.Com, felizmente de modo educado, pois não sabia se o problema era só meu ou outros estavam tendo o mesmo problema. Não enviei mensagem grosseira, escrevendo “o que é que há, hein? Tô pagando e não vejo nem interajo com o meu website de família”.

No dia 22/10/2012, recebi um retorno telefônico de Walter Olivas, do MyHeritage.Com no Brasil e em Portugal, que me orientou a fazer uma limpeza manual, mas antecipou que se meu navegador era o IE (Internet Explorer) e meu sistema operacional era o Windows XP (como informei a ele), o mais correto seria baixar o navegador Google Chrome (Chrome estou inserindo por minha conta, pois ele já havia sido baixado por mim fazia tempo), por motivos abaixo explicados.

Como é difícil ter que lidar com mudanças em minha “vidinha” toda repleta de “rituais” e outros afazeres além de poder desfrutar da riqueza da Web!

A princípio, após o dia 22/10, inseri na barra de “Favoritos” do Google Chrome apenas o website de família e os demais websites de família aos quais estou conectada por coincidências de perfis de familiares.

No último dia 02/11/2012, tive que me render ao fato de que o Internet Explorer da empresa do “tio” Bill Gates não funciona mais no meu antiquíssimo sistema operacional Windows XP, no meu mais antigo, ainda, PC Desktop.

Se o seu caso é idêntico ao meu, ou seja, tudo antigo, escolha o navegador que mais lhe interesse, pois o IE, no Windows XP, não funciona mais.

Bye, bye IE.  Sentirei saudade, porque estava absolutamente acostumada e interagia com você desde os idos de mil novecentos e bolinha, quando acessei a web pela primeira vez em minha vida. Não é só nostalgia, não. Entendo que deva haver mudanças necessárias, mas sinto-me como se estivesse (como comentei com o técnico em informática da PJ, em Itu – SP, que me orientou de modo tão educado) reaprendendo a ler e a escrever.

Google termina suporte ao Internet Explorer 8 e complica Windows XP

Donos de sistema operacional antigo terão que trocar de navegador.

Por Nilton Kleina em 14 de Setembro de 2012

Cada vez que uma nova versão de um navegador é lançada, a Google passa a apoiá-la, deixando de desenvolver para o antepenúltimo modelo. No caso do navegador da Microsoft, a partir de agora o Internet Explorer 10 passa a ser o alvo da empresa, enquanto não haverá mais qualquer tipo de desenvolvimento para o Internet Explorer 8.

É aí que se forma uma situação interessante para quem ainda usa o Windows XP: como o sistema operacional não permite que você atualize o seu navegador da Microsoft para além da oitava versão, ou você fica sem os Google Apps (incluindo os pacotes das edições EducationalBusiness e Government), ou troca para outro programa – e claro que eles recomendam o Chrome.

A decisão será colocada em prática a partir de 26 de outubro [destaque de Maria Lúcia], quando o Internet Explorer 10 estiver disponível para download. Até aí, se esse for o seu caso, corra para trocar de navegador ou atualizar o sistema operacional [destaque de Maria Lúcia].

Fonte: Google Blog

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/internet-explorer/30027-google-termina-suporte-ao-internet-explorer-8-e-complica-windows-xp.htm#ixzz2BGGFEFIL

Monmouth, a primeira cidade do mundo integrada com a Wikipédia domingo, jul 1 2012 

 

Monmouth, a primeira cidade do mundo integrada com a Wikipédia

Li a informação na Superinteressante, Editora Abril, página 85, “Tendências”, edição 306, julho/2012 e, ao fazer uma busca, encontrei, primeiramente, a indicação do link acima.

Em busca, também, encontrei este acesso para a própria Wikipédia do Reino Unido: atente, sempre, para a atualização da página, no final do verbete, para entender que o projeto está atraindo a participação da comunidade ao pedir, inclusive, colaboração por meio de fotos antigas.

http://en.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:GLAM/MonmouthpediA

Internet segura – MyHeritage Blog – Dicas quarta-feira, fev 15 2012 

Não importa o quanto lemos ou sabemos sobre segurança na Web: sempre há o que aprender.

Internet segura.

Menos Luíza que está no Canadá. sexta-feira, jan 27 2012 

 

"O meme logo mais chegará ao ponto de saturação, será esquecido e outra coisa ocupará o lugar dele".

Comentário pessoal: parece que já "saturou", mas, aparentemente, foi divertido enquanto durou. Será que provocou algum dano coletivo? Acredito que não.

 

Menos Luíza que está no Canadá

Canadá

    Comercial tosco, de formato manjado – testemunho – apresenta edifício de luxo com nome en français, Boulevard Saint Germain, na cidade de João Pessoa – Paraíba. Ele foi ao ar no dia 15 de janeiro de 2012 em emissora de alcance local. Em poucos dias, o bordão "menos Luiza que está no Canadá" transformou-se em meme na web.

    Uma semana depois do lançamento, o vídeo original, paródias e noticiário já haviam sido vistos mais de dez milhões de vezes no Youtube.com.
    No dia 18 de janeiro, ao pesquisar no Google a expressão "Luiza está no Canadá" retornavam 59.000 resultados. Já no dia 22 de janeiro retornavam 296.000 resultados. No dia 18, o vídeo original havia sido visto 597.018 vezes no Youtube. No dia 22 de janeiro já eram 5.218.851 exibições

    O que provocou o meme foi a menção a uma garota que sequer aparece no comercial. E por que ela não aparece? Não aparece porque está no Canadá…
    Qual a razão do sucesso?
    Não foi o prédio de luxo, igual a muitos outros. Não foi o formato do comercial, de criatividade nula.
    Como se explica o fenômeno?
    Certamente, o caso será abordado por especialistas, por cientistas sociais; teses, dissertações e "kêyses" de marketing serão construídos. E a explicação virá. Ou não.
    No final das contas, trata-se de mais uma manifestação do efeito manada: um sujeito, um elemento de um conjunto de seres vivos segue numa direção, outros o acompanham sem saber o por quê nem para quê. Em linguagem erudita, chama-se de meme tal fenômeno.
    As lendas urbanas são típicas apresentações dessa forma de comportamento social. Na internet, elas se espalham rapidamente, como se pode observar neste e mais alguns milhares de casos como a cobra no parquinho de lanchonete, a agulha com aids, os falsos vírus, a distribuição gratuita de celulares e de computadores, a aranha em vaso sanitário, o reenvio de mensagens para doar dinheiro.
    Existem, também, os casos de marqueting viral, peças publicitárias elaboradas com essa finalidade: fazer com que internautas cuidem de disseminar o anúncio. Exemplos: o hotel voador, o fantasma em elevador, Arkhos Biotech.
    O autor e apresentador da peça publicitária é o colunista social Gerardo Rabello que, ao contrário do que parece, é pobre apesar de ter mandado a filha passear no Canadá. É o que atesta o documento postado em GERARDO RABELO: Do glamour de Paris e Canadá… no qual ele pede o benefício da justiça gratuita, pois sua situação financeira não permite pagar custas judiciais nem advogado.
    O sítio do colunista social oferece notícias relevantes sobre a sociedade paraibana.
    A garota Luíza não aparece no primeiro vídeo, apenas no segundo vídeo de propaganda do boulevard. É uma jovem bonita e façamos votos de que ela saiba administrar o sucesso momentâneo e que seja muito feliz.
    E o meme? Esse tipo de comportamento ocorre com maior frequência entre adolescentes, o repassar alguma bobagem que acham bacana e logo vira hit (!) na Internet.
    Bobagem? Como uma bobagem pode transformar-se rapidamente em notícia de âmbito nacional? Manada, efeito manada. Um vai, vai mais um e, logo mais, uma multidão segue a onda.
    O meme logo mais chegará ao ponto de saturação, será esquecido e outra coisa ocupará o lugar dele.

Menos Luíza que está no Canadá.

100 links para clicar antes de morrer | Revista Bula sexta-feira, jan 27 2012 

 

100 links para clicar antes de morrer

publicado em listas

Uma seleção com os 100 melhores links publicados na coluna Web Stuff, do suplemento Opção Cultural, do Jornal Opção. A lista faz uma espécie de inventário do que teve de melhor na internet nos últimos três anos. Os links que compõem a lista contemplam os mais díspares perfis e abrange os mais diferentes segmentos e tendências: música, livros, cinema, fotografia, ciência, tecnologia, jornalismo, mídias sociais, artes e humanidades. Entre os 100 links para se clicar antes de morrer, destacam-se: Toda a obra de Wolfgang Amadeus Mozart para download; O maior acervo de arte da internet; 750 mil livros para download; 1001 álbuns para ouvir antes de morrer; O maior acervo de vídeos de jazz da internet; A obra completa de Machado de Assis para download; 10 mil jornais de todo o planeta em um só lugar; 20 mil fotos de Henri Cartier-Bresson; As 20 obras de arte mais caras da história; As 100 maiores canções de jazz de todos os tempos (com vídeo e áudio incorporados).

100 links para clicar antes de morrer | Revista Bula

Recomendação de minha cunhada Sônia.

Blecaute da Wikipédia anglófona em 2012 – Wikipédia, a enciclopédia livre quinta-feira, jan 19 2012 

 

Blecaute da Wikipédia anglófona em 2012 – Wikipédia, a enciclopédia livre

800px-WP_SOPA_Screen_Dark_Simple

Virtual Books Online: A Estrela do Natal e a Constelação orgulhosa terça-feira, jan 10 2012 

Quando “armei” o presépio de casa pela primeira vez, em 2001, utilizei, como inspiração, o texto de Gilson Martins, já disponível, naquele ano, no “Virtual Books Online”.

Por causa dessa história infantil (sempre afirmei, em sala de aula, que história infantil é, a meu ver, pejorativo, pois qualquer livro destinado ao público infantil deveria ser lido, também, pelos adultos)  ilustrei a parede, acima do presépio, com estrelas de todas as cores e, claro, com a que representava a Estrela do Natal.

Em breve, atualizarei esta postagem com fotos daquele presépio de 2001.

Hoje, data da postagem, reencontrei A Estrela do Natal e a Constelação orgulhosa e a partilho com quem acessa este espaço.

O texto é belíssimo, demonstra, inclusive, conhecimento de astronomia, pois as estrelas têm as cores de suas idades.

Pode ser utilizado em qualquer componente curricular, nas escolas, assim como nas aulas  de evangelização.

Pode ser transformado em peça teatral, jogral, enfim, o que a imaginação do educador alcançar.

 A Estrela do Natal e a Constelação orgulhosa_de Gilson Martins_criado em 16maio2001_virtual books on line

Pena que meu microcomputador tenha que ter sido reformatado tantas vezes, antes de ser trocado por um mais “muderno” e, depois, “recauchutado” com uma CPU mais “muderna”.

Felizmente, reecontrei essa maravilhosa história, disponível em “livro virtual” desde o ano de 2001.

Vale, também, pesquisar outros livros virtuais nesse endereço.

Virtual Books Online

Alexandre Freire – Contas, crediário… tudo em nome de outros – Colaborações com Imprensa quarta-feira, nov 16 2011 

Enjoada e enojada de tanto receber correspondência (evidentemente cobranças, algumas com a possibilidade de se ler, pela “janela” de plástico do envelope, que a fatura vence em tal dia) em nome de pessoas absolutamente desconhecidas, com endereço de minha residência e, mesmo devolvendo as ditas cujas em local indicado pelos Correios, com as devidas anotações de “desconhecido” e continuar a recebê-las, com novos nomes desconhecidos acrescidos, procurei, hoje, por alguma orientação nesse sentido e o que encontrei não é o que buscava, mas vale como alerta a quem se interessar.

Meu problema específico é o de receber, em endereço particular, colocado na caixa de correspondências, portanto, sem possibilidade de me negar a receber, um “montão” delas destinadas a pessoas que desconheço e, evidentemente, tratar-se de uso indevido do endereço particular de terceiros

Não se trata de ter feito transações pela Internet e alguém ter utilizado os meus documentos e o meu endereço por meio de fraude. Trata-se da facilidade com que estelionatários mentem o endereço de residência e as empresas que concedem esses créditos não estão nem aí com isso.

Fica absolutamente claro que se trata de estelionatários que, por causa dessas malditas terceirizadas,  que utilizam espaços em supermercados, hipermercados, e até em bancos (não sei se, em bancos, já há medidas severas contra isso), por exemplo, não se preocupar em colher dados fidedignos dos estelionatários que, por sua vez, desaparecem do mapa para dar golpes em outras cidades e o dono do imóvel, cujo endereço foi utilizado como local de residência desses estelionatários, fica com aquele “monte” de correspondências que, mesmo devolvidas no local indicado pelos Correios, com anotações do motivo da devolução, não fica em paz. No mês seguinte, lá estão os montes de correspondências dirigidas aos estelionatários, com endereço falso.

Há cerca de uns três meses, foram muitas correspondências, com meu endereço, com o seguinte no envelope (destinatários desconhecidos por mim): “Sua nova conta de telefone chegou”. Que ótimo para o estelionatário que, provavelmente, assim que o telefone é “cortado” por falta de pagamento, parte para outra operadora.

Hoje, dia 16 de novembro, fui devolver, no Hipermercado Extra, uma correspondência destinada a um desconhecido, com nosso endereço, cujo envelope, pela janela de plástico, permitia ler o nome completo (desconhecido por nós), o nosso endereço, e aviso de que a fatura vencia no dia 21 de novembro.

Fui encaminhada, juntamente com a minha irmã, para conversar com um dos “carmas” de minha vida: aquela funcionária (poderia ser um funcionário) do crediário (que, como sempre, nada tem a ver com o Hipermercado Extra, mas ocupa um espaço dentro desse hipermercado) que, inicialmente, afirma nada ter a ver com aquilo. Como é que a descompromissada nada tem a ver com aquilo? Continua a mostrar ser um “carma”, pois, pretensiosa, sem saber do que se trata, já dá umas respostas que apenas provam que ela não tem compromisso com o fiasco em que trabalha, apenas recebe o salário e está muito contente.

Minha irmã disse a ela que era a empresa financiadora que estava tendo prejuízo. A pretensiosa deu de ombros e disse que não tinha nada a ver com isso. Minha irmã, então, disse o famoso “fuck you”, em português, e virou as costas para sair, pois minha irmã é ingênua a ponto de acreditar que a financiadora “irá para o brejo” e os funcionários descompromissados irão junto. Eu ouvi a pretensiosa dizer “mal educada” para a minha irmã. Então, foi a minha vez, CRISTIANE, do crediário lá no Hipermercado Extra (cuja empresa não é do Extra), o envelope lacrado sobre a mesa dela: “Você não tem ideia do que estamos passando”.

“Ela não precisava ser mal educada”.

“Minha irmã não foi mal educada, foi sincera, você está se omitindo de avisar a empresa em que trabalha que estelionatários estão utilizando endereços falsos“.

“Não é minha culpa. Provavelmente, a compra foi feita em outra cidade, eu mesma abro crediário de pessoas que não moram em Itu”.

“Mas como o nosso endereço é utilizado sem que vocês peçam comprovação? Eu posso abrir um Boletim de Ocorrência por esse motivo e você será chamada para depor”.

“Então, leve este envelope embora. Não tenho nada com isso”.

“Você e os demais brasileiros não têm nada com isso, Cristiane. Por esse motivo o nível de corrupção é tão alto. Faça o que quiser com esse envelope, mas o próximo que eu receber, será levado para uma Delegacia de Polícia. Abrirei, inicialmente, uma queixa por perturbação do sossego. Daí para frente, outras queixas seguirão”.

É isso aí. Sem a quem recorrer – de acordo com os sabidos, mas que não resolvem nada, como gerentes de banco, se eu abrir o envelope, serei processada por violação de correspondência; o endereço é o meu, mas o destinatário não sou eu; é tudo de que preciso na vida, o “carma” com os pretensiosos “sabem tudo” –  voltarei à minha rotina: fragmentar o calhamaço de correspondência destinada a terceiros (que desconheço quem são) e que, evidentemente, são cobranças por compras e créditos que jamais serão pagos.

Jamais serão pagos? Um erro de minha parte: nós, pagantes em dia, cobrimos essas dívidas, já embutidas em nossos débitos e parcelas, quando as fazemos. Pagamos, só para variar, pelos prejuízos que os estelionatários dão.

Destaco, também, do texto abaixo, uma provável explicação para o uso, no meu caso, indevido de endereço de residência, sem que o devedor precise comprová-lo: “A ânsia de fazer negócios leva as empresas a não fiscalizarem os dados como deveriam. Por outro lado, as empresas não tiram o nome pela certeza da impunidade, pois, quando há condenação [atentem para quando há condenação], a indenização é irrisória”.

Acompanhe, agora, o drama de Siley Muniz Paulino, que embora não se compare com o que relatei, me alertou para o fato de que  “o Judiciário entende que o uso indevido de documentos ou cadastro de terceiros para aquisição de bens, serviços ou crédito é sempre de responsabilidade das empresas”, portanto, a utilização indevida de endereço também é de responsabilidade das empresas que concedem créditos. Isto é, quando podem ser localizadas, quando não são apenas um endereço com Caixa Postal para devolução da correspondência. Alô, Itapeva – SP, a empresa que concedeu o crédito para o estelionatário que comprou no Hipermercado Extra é daí, ó. Não é daqui, ó.

====================================================================================================================

O Globo Economia
Contas, crediário… tudo em nome de outros

Internet e baixas indenizações da Justiça acabam elevando uso de cadastro de terceiros em transações comerciais
Por Luciana Casemiro
Siley Muniz Paulino estava em casa, ainda sofrendo pela morte de seu filho, Bruno Muniz Paulino, assassinado em dezembro de 2003, quando o telefone tocou à procura do rapaz. Se a ligação já a surpreendeu, espanto maior foi o motivo do chamado: o rapaz devia R$940 ao cartão do Supermercado Extra. A compra, no entanto, havia sido feita seis meses após sua morte. Apesar de ser óbvio que o débito não havia sido contraído pelo jovem, seu nome foi incluído no cadastro de devedores. Segundo especialistas, o Judiciário entende que o uso indevido de documentos ou cadastro de terceiros para aquisição de bens, serviços ou crédito é sempre de responsabilidade das empresas.

– A base jurídica é a teoria do risco profissional, pois o fornecedor, quando permite que um estelionatário use dados cadastrais fraudados, está visando a fazer mais um bom negócio e ter lucro. Cabe ao fornecedor, assim, as cautelas para que a fraude não ocorra – diz Antônio Mallet, presidente da Associação de Proteção e Assistência aos Direitos da Cidadania e do Consumidor (Apadic).

Especialista recomenda cuidados ao informar dados na internet

Alexandre Freire, professor do Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ e gerente de Soluções da Disec Security Services, diz que a internet vem facilitando a vida dos fraudadores, que obtêm com facilidade dados cadastrais de consumidores idôneos.

– As pessoas ainda não se deram conta de que o mundo virtual apresenta várias ameaças. E, por isso, costumam ser mais cautelosas em informar seus dados no dia-a-dia do que pela internet. Nos sites de relacionamento, costumam dar informações que permitem que se trace um perfil completo, onde trabalham, os lugares que freqüentam, até o banco em que têm conta.

Advogado de Siley na ação contra o Extra e a Fininvest (administradora do cartão), João Tancredo atribui o crescimento desse tipo de fraude também à baixas indenizações estabelecidas pela Justiça:

– A ânsia de fazer negócios leva as empresas a não fiscalizarem os dados como deveriam. Por outro lado, as empresas não tiram o nome pela certeza da impunidade, pois, quando há condenação, a indenização é irrisória. Fora que há consumidor que, para tirar o nome da lista de devedores, acaba pagando pela dívida que não fez e deixa pra lá, com medo da lentidão e do preço da Justiça.

Siley não se conformou com a arbitrariedade e, além do processo civil contra as empresas Extra e Fininvest, entrou com uma ação criminal pelo uso dos documentos:

– O endereço dado pelos fraudadores não era o da minha casa. Fui a uma loja da Fininvest, tirei um extrato e levei à delegacia para abrir um inquérito. Primeiro tive de provar que meu filho foi assassinado, mas não era bandido, agora incluem o nome dele no SPC e na Serasa…

A Fininvest informa que aguarda citação da Justiça para saber dos detalhes do caso e que só se pronunciará em juízo. Consultado, o Extra não respondeu.

Como o endereço dados pelos fraudadores normalmente não é o das vítimas, os consumidores acabam descobrindo a fraude quando tentam fazer uma compra a crédito ou contrair financiamento, aí a surpresa: seu nome já está no cadastro de devedores. Foi o que aconteceu com Olga da Silva Rocha, cujo nome foi parar em cadastros por uma dívida com o cartão Ibi, que ela nunca teve. O processo tramitou pela 24ª Vara Cível, onde foi fixada a sentença de R$12 mil por danos morais, confirmada posteriormente pela 8ª Câmara Cível.

O Banco Ibi esclarece que se trata de fraudes praticadas por quadrilhas especializadas, “onde as vítimas são as instituições financeiras e seus clientes, apesar dos investimentos em prevenção à fraude.” A instituição destaca ainda que o assunto está sub judice, em fase recursal.

Já Leonídia Rosa dos Santos não pára de descobrir fraudes com o seu nome. Uma delas foi a abertura de uma conta corrente no Banco Sudameris, usando os seus dados cadastrais. O caso foi parar na Justiça, na 25ª Vara Cível, que fixou o dano moral em R$5.200, além da exclusão de todas as listas de devedores.

– Foram passados vários cheques, e quando fui informada estava no SPC e no Serasa. Entrarei contra todas as empresas que me negativarem na Justiça – diz Leonídia.

O Banco Real, que adquiriu o Sudameris, esclarece que o processo judicial em questão foi encerrado e inexistem obrigações pendentes por parte do banco. Sobre os procedimentos de segurança, a empresa destaca seu compromisso com o aprimoramento dos processos de verificação, confrontação de documentos originais na abertura de contas e confirmação das fontes de referência apresentadas.

Para advogado, empresa precisa pedir mais documentos

Em caso de negativação, diz Mallet – que tem mais de duas mil ações desse tipo em andamento – a primeira providência é ir ao SPC e à Serasa informar-se em que empresas o consumidor consta como devedor:

– Com o documento em mãos, a primeira providência é comunicar oficialmente à empresa o que se passa. Infelizmente, o índice de solução administrativa é próximo a zero. E aí não resta outra opção a não ser requerer judicialmente a retirada do nome do banco de dados de devedores, dano moral e outras perdas, se houver.

Aos consumidores não restam muitas possibilidades de proteger-se do golpe, diz o advogado:

– Em caso de furto ou roubo de documentos, no entanto, é dever do consumidor registrar o fato numa delegacia de polícia para se resguardar caso alguma fraude venha a acontecer posteriormente.

E exatamente por não poder evitar a fraude, reforça o advogado Armando Miceli, o consumidor não pode ser punido pela falta de zelo da empresa:

– Não estou falando que precise exigir cópia autenticada de toda papelada, mas é preciso pedir mais de um documento, comprovante de residência, outros dados que garantam que a pessoa que se apresenta ali é mesmo aquela. A conferência dos dados é o cuidado mínimo que se espera de uma companhia.

Alexandre Freire, por sua vez, destaca que os fraudadores atacam justamente na fraqueza dos outros. Há, nesse sentido, duas frentes a serem trabalhadas, diz o professor: a humana e a tecnológica.

– Em relação à humana, o que se recomenda é que o internauta só divulgue informações pessoais em site idôneos, de credibilidade. E dê preferência aos que oferecem transações em tempo real, pois nesse caso não há retenção das suas informações financeiras. No quesito tecnologia, estamos avançando na certificação digital para o uso da íris e da digital, o que impedirá as fraudes, mas isso ainda é muito caro – explica Freire.

Alexandre Freire – Contas, crediário… tudo em nome de outros – Colaborações com Imprensa

Notícias | Dengue sábado, nov 5 2011 

 

Ajude na mobilização:

http://www.combatadengue.com.br/

Notícias | Dengue

Demonstrativos de Pagamento – Inativos – Caminho das pedras para imprimi-los quinta-feira, ago 4 2011 

Importante: não ignore o endereço eletrônico da Secretaria da Fazenda, para poder imprimir Demonstrativos de Pagamento anteriores aos que constam no endereço da SPPREV.

Comprovante de Pagamento dos Inativos da Administração Direta

Por decisão do Banco do Brasil, a partir desse mês [Secretaria da Fazenda, SPPREV São Paulo Previdência, São Paulo, 1.º de junho de 2011, 5.ª edição, Ano 01, recebido por Maria Lúcia no dia 14/07/2011], não haverá mais distribuição, na rede bancária, dos comprovantes de pagamento de inativos da administração direta. Em decorrência dessa medida, o aposentado tem duas opções para ter acesso ao seu holerite:

1)     Por meio do website da São Paulo Previdência – SPPREV, com a opção de imprimir por meio de qualquer computador sem nenhum custo; ou

2)     Por meio do envio pelos Correios para o endereço cadastrado, mediante pagamento da importância destinada à postagem (cerca de R$1,00).

Caso opte pelo recebimento na residência, é necessário haver a autorização para descontos em folha de pagamento do valor da postagem. Para isso, a São Paulo Previdência e a Secretaria da Fazenda encaminharam carta explicativa a todos os aposentados [Maria Lúcia Bernardini declara nunca ter recebido essa carta explicativa, Sinhá, cadê “seu” Padre?] contendo o termo de opção para recebimento do holerite impresso na residência. Caso prefira, o aposentado também pode manifestar sua opção pelo site da SPPREV

 

www.spprev.sp.gov.br

 

na funcionalidade “Serviços On-Line”.

Acessei “Consulte sua aposentadoria”, optei por imprimir direto do site, cadastrei-me e, VIVA, imprimi os Demonstrativos de Pagamento de junho, julho e agosto de 2011, por meio do link

http://www.spprev.sp.gov.br/inativos.aspx

IMPORTANTE: Nesse mesmo Informativo citado, alerta sobre RECASTRAMENTO anual de pensionistas e inativos civis e militares que deve ser, sempre, realizado no mês do aniversário, cujo texto afirma: “Atualmente, o recadastramento pode ser realizado em qualquer agência do Banco do Brasil ou em um dos locais de atendimento da SPPREV, na capital e no interior”.

Lendas e folclore da Internet: as pulhas virtuais. As lendas, as verdades e as meia-verdades / meia-mentiras em ordem alfabética quarta-feira, jun 15 2011 

Eu havia parado, há longos meses, de acessar o site “Quatro Cantos”, principalmente para me informar a respeito de lendas e folclores da Internet, porque meu sistema de segurança do micro informava a tentativa de instalar malwares e quetais.

Estimulada por um acesso ao site “Quatro Cantos”, entrei e não veio aviso algum de perigo.

Não era uma ironia? Afora as propagandas mil que temos que aguentar, este site é uma boa recomendação, inclusive para aqueles bem intencionados que continuam a veicular correntes e “hoaxes” (lendas e folclores da Internet), sem notar os perigos a que nos expõem e aos demais endereçados.

Está bem: eu, no início (e duvido que ainda não o faça) de minhas experiências na Web me considerava uma benfeitora, ao tentar divulgar informações que me passavam.

Antes de reenviar mensagens aos inúmeros correspondentes eletrônicos, seria interessante ler as lendas, as verdades, as meia-verdades, as meia-mentiras em ordem alfabética desse endereço.

Tenha paciência e boa leitura. Pelo menos, percorra os títulos, para ficar a par de mensagens que não deve divulgar entre seus correspondentes e, se puder, colabore com o endereço “Quatro Cantos”, para divulgar outros “hoaxes”.

Lendas e folclore da Internet: as pulhas virtuais. As lendas, as verdades e as meias-verdades / meias-mentiras em ordem alfabética

O seu Windows Live Space será encerrado em 16 de março quarta-feira, fev 23 2011 

 

Boletim informativo do Windows Live

Prezado(a) usuário do Windows Live Spaces,

Você está recebendo esta nota como um acompanhamento da nossa comunicação notificando-o de que o Windows Live Space será descontinuado em breve. Se você ainda não tomou nenhuma atitude, continue lendo para saber como preservar o conteúdo do seu blog. Em 16 de março de 2011, seu blog será encerrado. Entretanto, você ainda poderá preservar o conteúdo dele se tomar providências agora.

Estamos colaborando em um serviço de blog importante e inovador, o WordPress.com, a fim de habilitar os usuários do Windows Live a migrar seus blogs do Windows Live Spaces para o WordPress.com, no qual terão várias melhorias na experiência de blog. Ajudaremos você a migrar seu blog atual para o WordPress.com ou baixá-lo para uso posterior. Em 16 de março de 2011, seu blog atual será encerrado e você não terá mais acesso ao conteúdo dele, a menos que tome providências. Clique aqui para dar início à migração do seu espaço.

Com a nova versão dos serviços do Windows Live, fizemos uma série de alterações e aperfeiçoamentos nos produtos. Optamos por estabelecer uma parceria com o WordPress.com para oferecer aos usuários do Windows Live uma solução de blog fantástica. Entretanto, sabemos que isso terá impacto para você, por isso as informações neste email visam esclarecer o que você deve esperar. Agradecemos pelo apoio contínuo ao Windows Live.

Por que isto está acontecendo?

Nossos clientes solicitaram mais funcionalidades de blog, como um sistema integrado de estatísticas, salvamento contínuo de rascunhos e melhorias na tecnologia de combate a spam. Para fornecer a melhor experiência possível de blog, estamos colaborando com o WordPress.com para oferecer o serviço gratuito deles a você. Para quem já tem um blog no Windows Live Spaces, tornaremos mais fáceis as etapas iniciais, ajudando ao mesmo tempo na manutenção do conteúdo já criado no Windows Live Spaces.

O que você precisa fazer antes do encerramento do Windows Live Spaces

Quando você visitar seu espaço, terá as seguintes opções:

  • Atualizar seu blog migrando para o WordPress.com – Ofereceremos uma maneira simples de migrar as postagens e os comentários do seu blog para o WordPress.com.
  • Baixar seu blog – Você poderá baixar as postagens antigas para manter uma cópia em seu computador e depois migrar para o WordPress.com.
  • Excluir seu blog – Você terá a opção de excluir o espaço permanentemente caso decida que não precisa mais dele. Se quiser salvar o conteúdo, faça isso antes da exclusão.
  • Consultar seu blog – Seu blog será encerrado em breve, mas você ainda tem tempo de consultar seu blog e tomar uma decisão que seja adequada para você. Estamos muito empolgados com o que você poderá fazer no WordPress.com e esperamos que decida aproveitar essa experiência de blog aprimorada.

Observação: alguns conteúdos como gadgets, páginas de recados, listas, notas e rascunhos de postagens não serão migrados. Consulte as Perguntas frequentes para obter mais informações sobre como preservar esse tipo de conteúdo.
Vá para o seu espaço para escolher a opção mais adequada para você.

O que você pode esperar da migração para o WordPress.com

As postagens, os comentários e os links existentes no seu espaço serão transferidos, e você terá a opção de compartilhar as atualizações no blog com seus amigos do Messenger.

No WordPress.com, você terá ferramentas que ajudarão a controlar seu blog e quem o está visitando. Você receberá uma marcação que permite que as pessoas o encontrem e que você encontre pessoas com ideias afins. Isso inclui uma excelente funcionalidade de comentário de blog e prevenção de spam de trackback, para ajudar a manter sua experiência livre de problemas. Confira mais informações (A página está em inglês).

Agradecemos por usar o Windows Live e esperamos que você aproveite a nova experiência de blog.

Atenciosamente,

Equipe do Windows Live

Perguntas Frequentes

P: O que é o WordPress.com?
R: O WordPress.com é um site de blog gratuito, semelhante ao Windows Live Spaces. No WordPress.com, você encontrará ótimos temas e widgets para personalizar sua experiência, além de ferramentas para ajudá-lo a controlar seu blog e quem o está visitando. Você receberá uma marcação que permite que as pessoas o encontrem e que você encontre pessoas com ideias afins. Isso inclui uma excelente funcionalidade de comentário de blog e prevenção de spam de trackback para ajudar a manter sua experiência livre de problemas.

P: O que acontece com o conteúdo do meu Windows Live Spaces e o que posso migrar?
R: Veja a seguir uma lista das diferentes funcionalidades disponíveis atualmente no Windows Live Spaces e o que você pode esperar:

  • Blogs e comentários: se você optar por migrar ou baixar, o conteúdo do seu blog (incluindo fotos, vídeos e comentários inseridos) acompanhará você.
  • Fotos: as fotos que não fazem parte do seu blog, mas pertencem ao Windows Live, permanecerão ativas no SkyDrive e, se você quiser, continuarão podendo ser compartilhadas com outras pessoas. As que fazem parte do seu blog serão migradas caso você opte por migrar o blog. Não será migrado nenhum módulo fornecido por outros serviços no qual suas fotos estejam compartilhadas.
  • Os visitantes saberão onde encontrá-lo: se você migrar, os links existentes para o seu blog e para artigos específicos continuarão funcionando e os visitantes serão redirecionados para o seu novo local no WordPress.com. Você também poderá manter seus amigos atualizados com as postagens mais recentes no Windows Live Messenger.
  • Blogs particulares: se você tiver um blog particular, ele será marcado dessa forma, a menos que você escolha outra opção durante a migração. Você poderá compartilhá-lo com seus amigos do Windows Live Messenger ou simplesmente selecionar algumas pessoas para serem convidadas para o WordPress.com.
  • Gadgets, páginas de recados, listas, notas e rascunhos de postagens: infelizmente, este tipo de conteúdo não pode ser migrado. Considere a possibilidade de publicar seus rascunhos de postagens nos próximos meses e mover o conteúdo existente em listas e notas para o seu blog antes de migrar.
  • Módulos Perfil e Contatos: estas informações permanecem no Windows Live. Você poderá adicionar seu novo blog ao seu Perfil e compartilhá-los com os amigos.

P: O que posso esperar entre o momento atual e a data em que o Windows Live Spaces será encerrado?
R: De agora até 16 de março de 2011, você ainda poderá consultar postagens anteriores, baixar conteúdo para uso posterior e atualizar o blog para o WordPress.com. Em 16 de março de 2011, o Windows Live Spaces será descontinuado e você não poderá acessar nem migrar seu blog.

P: Onde posso obter mais informações?
R: Você é pai de uma criança que usa o Windows Live Spaces? Tem um blog particular? Você usa o Writer para publicar no Windows Live Spaces? Tem outras perguntas? Visite nossa Central de Ajuda para obter mais informações e conhecer outros recursos.


A Microsoft respeita a sua privacidade. Para saber mais, leia nossa Política de Privacidade online.

Microsoft Corporation
One Microsoft Way
Redmond, WA 98052

.

Encontrei a fonte da ilustração animada sapo ou cavalo domingo, fev 20 2011 

Espremi bem os “zoios” e, na figura do cavalo, há um “joe ks ponto com”, então, fui para “Busca”.

Encontra-se nos endereço abaixo:

http://joe-ks.com/archive.htm

Estou entregando, de bandeja, a página de arquivo. Divirta-se.

 

 

Mensagens Power point, Slides mensagens, Slides Power Point terça-feira, jan 18 2011 

Quem sabe, sabe e mostra o que sabe.

Recebi, da amiga Cidinha Carramenha, o anexo que nos ensina sobre e-mail, vírus e Internet de uma forma absolutamente perfeita.

Ao pesquisar onde encontrar esse anexo, entrego-lhes, numa bandeja de prata, o endereço abaixo.

É para quem gosta de Power Point, sem dúvida, mas também um lugar para aprender com quem sabe trabalhar com essa ferramenta.

Mensagens Power point, Slides mensagens, Slides Power Point

Bem-vindos Bloggers do Windows Live Spaces — Blog — WordPress.com sexta-feira, out 1 2010 

 

Bem-vindos Bloggers do Windows Live Spaces — Blog — WordPress.com

Emília-Romanha – Wikipédia, a enciclopédia livre quinta-feira, ago 19 2010 

 

Emília-Romanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Emília-Romanha
Emilia-Romagna

Bandeira de Emília-RomanhaEmilia-Romagna

Área:
22.124 km²

População:
4.187.557 hab.

Densidade:
189 hab./km²

Províncias:
Bolonha, Ferrara, Forlì-Cesena, Modena, Parma, Piacenza, Ravenna, Reggio Emilia, Rimini

Capital:
Bolonha

Website:
www.regione.emilia-romagna.it

Localização de Emília-RomanhaEmilia-Romagna no mapa da Itália

A Emília-Romanha (em italiano Emilia-Romagna) é uma região situada no norte da Itália com quatro milhões de habitantes e 22 124 km², cuja capital é Bolonha.

Limita-se ao norte com o Vêneto e Lombardia, a oeste com o Piemonte e a Ligúria, ao sul com a Toscana e com a República de São Marinho. Esta região é composta da união de duas regiões históricas, a Emilia, que compreende as províncias de Piacenza, Parma, Reggio, Modena e parte da província de Bolonha, com a capital, e a Romanha, com as restantes províncias de Ravenna, Rimini, Forlì-Cesena e a parte oriental da província de Bolonha. A Romanha histórica compreende também territórios das Marcas e da Toscana.

Índice

Administração

Esta região é composta das seguintes províncias:

Demografia

Historicamente, a população desta região é bem distribuída, sendo notável a ausência de grandes regiões metropolitanas.

Comuna
População (2006 est.)

Bologna
374,425

Modena
180,638

Parma
177,069

Reggio Emilia
167,013

Ravenna
149,084

Rimini
138,060

Ferrara
131,907

Forlì
112,477

Piacenza
99,340

Cesena
93,857

Imola
66,340

Carpi
64,517

Faenza
54,749

Ver também

Ligações externas

Commons

O Wikimedia Commons possui multimedia sobre Emília-Romanha

Emília-Romanha – Wikipédia, a enciclopédia livre

O JB de ontem, de hoje e de amanhã segunda-feira, jul 26 2010 

Com data de 24 de julho de 2010, recebi esta mensagem eletrônica de minha prima Maria Adelaide.

Faço questão absoluta de inserir todo o conteúdo da mensagem em meu espaço, com o comentário de minha prima, porque ela é pessoa bem formada e bem informada e sentirá a falta do Jornal do Brasil impresso, mas, certamente, continuará a lê-lo pela Internet.

O que me preocupa, dentre tantas angústias pessoais e com relação ao público, é o fato de que grande parte da população brasileira já não tinha acesso ao jornal impresso – e a revistas, livros… – e, não importa quanto se discuta a inserção digital de toda a população brasileira (algo que, como a erradicação do analfabetismo é um sonho que nunca se concretiza), o destino de revistas, livros e jornais tende a se confinar à Internet.

O fato de a Internet ser progresso não significa democratização do acesso à informação, portanto não me estendo mais sobre o assunto.


Eu vou sentir falta do JB em papel.
-=-=-=-
JB Online, 18/07/2010
http://www.jblog.com.br/rioacima.php?itemid=22509
O JB de ontem, de hoje e de amanhã
Marcelo Migliaccio
De todos os comentários que ouvi sobre a interrupção da versão impressa do Jornal do Brasil  e a opção exclusiva pela internet, os que mais me incomodaram foram aqueles que depreciaram o jornal atual em relação ao do passado. Nomes e mais nomes de baluartes do jornalismo que passaram por esta redação foram lembrados e enaltecidos – na maioria das vezes por eles mesmos – em artigos e reportagens sobre a mudança de plataforma anunciada pelo JB.
Claro que esses jornalistas de antigamente tiveram seu valor e deram sua contribuição, mas falou-se como se não houvesse hoje trabalhando aqui uma equipe de competência indiscutível – excetuando-se, claro, este que vos escreve.
Há um candidato a governador, por exemplo, que foi jornalista daqui. É dele uma das declarações mais rancorosas e ofensivas aos profissionais que estão no JB. Esse candidato – que defendeu a liberação da maconha até o dia em que isso não foi mais conveniente às suas aspirações políticas – deveria ter guardado para si sua mágoa em relação a esta casa.
Talvez fosse menos pior ele ter ficado em silêncio, como fizeram o prefeito da cidade, o governador do estado e o presidente Lula.
A Lula, porém, vale lembrar que foi graças ao Jornal do Brasil que o então líder metalúrgico que emergiu das greves do ABC nos anos 80 ficou conhecido no Rio. Sim, porque a organização de mídia que tem nome de biscoito-que-se-come-na-praia e aquela revista que pensa que o leitor é cego fizeram questão de ignorá-lo. Basta dizer que Lula ficou oito anos sem aparecer no Jornal Nacional.
Os 180 profissionais que aqui trabalham dão, diariamente, provas de seu talento. A cada dia somos obrigados a fazer várias escolhas de Sophia, e isso é desafiador e instigante. Para onde mandar o único carro disponível na parte da manhã? Fazer a foto de capa da revista Domingo no Leme, ou cobrir a prisão do goleiro Bruno, na Barra da Tijuca?
Mesmo trabalhando no limite, o JB continua dando furos na concorrência. Na última quinta-feira, O Globo publicou a mesmíssima reportagem veiculada por nós, em outubro de 2009, sobre as caçambas de entulho que atravancam as calçadas da cidade. Com oito meses de atraso. Foi assim também quando denunciamos a confusão de cabos, canos e fios no subsolo da cidade, bem antes de os bueiros começarem a explodir sob nossos pés. E lá veio o gigante copiar nossa reportagem.
Os casos são muitos, assim como muitos foram os profissionais daqui contratados pelos outros jornais do Rio nos últimos meses. Provas de que os monstros sagrados que agora brilham em outras redações não tiram os olhos das páginas do JB. Pudera: ideias e soluções aqui não faltam.
Se esses mitos do jornalismo que deitaram na fama (e dormiram) estivessem aqui agora, teriam mesmo que mostrar seu valor. E fico pensando no que os meus atuais colegas não fariam se contassem com a estrutura da qual nossos detratores desfrutaram em suas passagens pelo JB.
Merecemos respeito.
-=-=-=-

Personalize seu computador – Extras divertidos para dar um toque pessoal ao seu PC terça-feira, jul 20 2010 

Computador Pessoal precisa de atenção, também, portanto, mãos à obra, em especial aos papéis de parede, porque de “gadget” não entendo nada, mas há opções.
Baixe extras divertidos para dar ao seu PC um toque pessoal

Esses pacotes de temas contêm propriedade intelectual da Microsoft e de terceiros. Eles são oferecidos para download somente para o seu uso pessoal. Qualquer outro uso, incluindo a redistribuição dos pacotes de temas, ou qualquer outra conduta que seja uma contravenção dos Termos de Uso ou do Contrato de Licença do Usuário final são proibidos.

Personalize seu computador – Microsoft Windows

AULA sobre e-mail, vírus e Internet em formato “pps” segunda-feira, maio 24 2010 

Há pessoas que detestam Microsoft Power Point em qualquer extensão – ppt ou pps – mas o que foi inserido, hoje, merece total atenção.

AULA_SOBRE_EMAIL, _VIRUS_E_INTERNET_Cidinha Carramenha enviou.pps – Windows Live

Click to Give @ The Breast Cancer Site- Clique para doar, é gratuito terça-feira, set 15 2009 

Se existe uma ação pela qual a Internet nos permite agir com cidadania são os cliques gratuitos, pelos quais os patrocinadores doam dinheiro ou prestam serviços à organização responsável pelo site eletrônico.

Importante: precisa haver um retorno, em forma de balancete, dessas organizações, de modo que sejam críveis e, de fato, prestem os serviços que prometem, para os que clicam, no sentido de nos informar quem, quando, onde, como e porquê os beneficiados receberam esses atendimentos.

O site do Câncer de Mama, The Breast Cancer Site, nos proporciona essa ação cidadã, sem que gastemos nada, apenas nosso acesso à Internet, por alguns minutos, para clicar, gratuitamente, e, de preferência, não apenas no rótulo do The Breast Cancer Site (em inglês), mas nos demais rótulos.

Clico desde o ano de 2002 (recebi a indicação de minha prima Maria Adelaide, grande Maria Adelaide; eu já a agradeci o suficiente por me mostrar como a Internet pode ser usada para o bem?) e, a primeira ação, quando abro o correio eletrônico, desde 2002, é clicar em todos os rótulos (recebo, diariamente, um lembrete para fazer isso).

Como o site é patrocinado, claro que há propagandas do que pode ser comprado, mas parte da renda das compras se destina às finalidades de cada rótulo: The Animal Rescue Site, The Literacy Site, The Child Health Site, The Breast Cancer Site, The Hunger Site, The Rainforest Site que atendem pessoas, animais e locais carentes de alguma ação social, principalmente quando há catástrofes; quando não há catástrofes, há a divulgação de regiões – no mundo – e situaçãoes extremamente necessitadas de ações sociais. Observar bem: ações sociais, não intervenções políticas, uma desgraça inventada pelo ser humano para manipular pessoas e países de acordo com interesses mesquinhos.

O Site do Câncer de Mama (The Breast Cancer Site) atende mulheres desprivilegiadas, que não têm acesso a serviço de saúde pública, que fazem mamografias gratuitas e, em caso de diagnóstico confirmado, recebem as orientações e atendimentos para solucionar um dos cânceres que, se não diagnosticado a tempo, mais matam mulheres, na maioria das vezes, arrimo de família ou totalmente responsáveis pela família.

Há muito tempo que “caiu por terra” o mito de que apenas mulheres que nunca tinham engravidado – e ,consequentemente, nunca tinham amamentado – é que pertenciam ao grupo de risco de ter câncer de mama.

Click to Give @ The Breast Cancer Site

Um elogio, que todos gostamos de elogios merecidos segunda-feira, ago 24 2009 

Antes de encerrar as inserções por hoje, gostaria de agradecer e elogiar o espaço do Windows Live, pois tenho recebido mensagens eletrônicas com anexos – um melhor do que o outro – de meus correspondentes – poucos, mas de uma qualidade como correspondentes que dispenso agradecer aqui; faço-o por meio de respostas por correio eletrônico – que eu não poderia reenviar por correio eletrônico, ficariam muito “pesadas” como anexo.

Fica, portanto, o registro desse elogio, que todos gostamos de receber quando são merecidos, pois espero manter esse espaço por muito tempo.

Abraços, equipe do Windows Live, longa vida, sem percalços.

Sinhá, cadê “seu” padre que os vendedores on-line precisam de limites! quarta-feira, abr 23 2008 

Desde os mais simples Trabalhadores em Informática (se essa é minha interpretação correta de TI, aqueles que têm um contrato tão especial que emitem recibo pelo trabalho que fazem, para que os donos das terceirizadas não precisem pagar as obrigações trabalhistas que as empresas que não são terceirizadas têm que pagar; sim, quando forem se aposentar, os trabalhadores regulares é que pagam as despesas, descontadas de suas aposentadorias) até os mais especializados estão num desespero – e com isso nos provocam danos morais e financeiros – para vernder os produtos que há necessidade de se recorrer ao padre, para ver se ele recorre ao bispo, para colocar um limite nesses desesperados.

Basta ligar o micro que vem o aviso de que a "memória virtual está baixa". Junto com esse recado, a seqüência do texto fica truncada, pois não sabemos o que fazer com o "clique aqui". Conectamo-nos à Internet e recebemos, de "baldada", avisos de como otimizar o micro.

Ora, por que o micro, que recebeu um aumento de memória no ano passado, encontra-se com a memória virtual baixa? Será por causa da impotência sexual e intelectual dos hackers que trabalham em empresas de segurança em informática e, por falta de vagas, trabalham, também, em empresas que vendem suprimentos de informática?

Outros produtos de segurança em informática, que não o que eu utilizo, que não foi baixado "de grátis" e, portanto, não precisa aparecer nas mensagens de correio eletrônico que envio, propagandeando qual é o pacote de segurança, atualizado diariamente – e, nesse meio tempo, sujeito a invasões de hackers de outras empresas de segurança em informática – e, no devido tempo, passado pelos procedimentos de confirmação de continuar a assinatura, por pagamento, o "upgrade" acontece devidamente, enviam hackers e crackers para convencer que é justamente esse pacote de segurança que está muito pesado, dificultando tudo.

Ainda não consegui pesquisar nem detectar onde foi que uma craca de um "Adware.Lop" me pegou, determinando que o pacote de segurança me avisasse do alto risco desse desgraçado desse "adware". E, agora, foi quando visitei uma página recomendada para conhecer determinada descendência e a página insistia para a instalação do Controle Activex que, uma vez instalado, só abria a página de um provedor, supostamente "de grátis", mas que não me interessa?

Sinhá, cadê "seu" padre, para que ele inicie uma campanha de moralização contra esses capitalistas selvagens que, em vez de ganhar dinheiro honesto, mais parecem estar devendo para agiotas ou para o crime organizado?

Que falta de ética universal! Que falta generalizada de respeito! Que falta faz uma ação contundente da parte de quem deveria estar impondo limites a todos, sem exceção, no real e no virtual.

Ah, é, todos só têm direitos. Nenhum dever! Quando chamados à devida atenção para as faltas que cometem, ameaçam, aparentando certeza absoluta de que jamais serão punidos.

Esse foi um dos exemplos de como um internauta é assediado e não tem a quem recorrer. Sim, existem os sites de denúncias e até os provedores disponibilizam algo nesse sentido. Todavia, quem nos garante que não estamos denunciando exatamente para quem está cometendo os crimes de assédio ou essa pessoa que recebe nossas denúncias não ganhe dos dois lados? Ups! Sem trocadilho.

Falando sobre Justiça de RO multa Google por ‘fofocas’ no Orkut – Artigo – notícias quarta-feira, abr 23 2008 

 

Pelo que entendi da justificativa do "Google" e da sentença judicial, quem abre o espaço e permite os recursos tecnológicos, tem sim, responsabilidade pelo que é publicado e está acessível a "qualquer um" e qualquer um, aqui, está sendo usado no sentido pejorativo.

Eu não tenho interesse nem em fofocas sobre "ricos e famosos", muito menos pretendo ler, na WEB, fofoca sobre pessoas de minha cidade, por exemplo.

Então fica combinado assim, "seu" Padre, para que as pessoas não ganhem dinheiro e, na hora de responder pelo que devem responder, para não atribuir essa responsabilidade às vítimas (sem nos esquecer que os criminosos, aqueles, no caso, que criam ou participam de comunidades virtuais com a finalidade de externar seus recalques, usualmente, não assumem as responsabilidades, bem como os que prestam serviços "terceirizados", no caso os que disponibilzam os recursos tecnológicos sem exigir apresentação de identidade, endereço, carteira de vacina contra delinqüência, antecedentes…), é imperioso que todos se identifiquem, desde os que detém o "pudêr" de um portal, um provedor, um muquifo, uma central clandestina – e demonstrem de onde veio o rico dinheirinho que possibilitou a existência desses recursos e, também, a identificação completa, localização geográfica – quem sabe, embora este país seja miserável, alguns dos usuários não estejam internados em hospitais psiquiátricos ou cumprindo pena em presídios de segurança mínima ou máxima, filiação, documentação e tudo o que permita que sejam facilmente localizdos e respondam pelos crimes que cometem.

Nós, os que usamos a Internet para o bem, pagamos por acesso e, mesmo que o provedor seja gratuito, nós, os que não nos escondemos em endereços eletrônicos piadistas (reveladores de índoles criminosas) nem nos escondemos em endereços eletrônicos clonados, submetidos, muitas vezes, à exposição pelo endereçamento aberto, nós, os que, em qualquer lugar, pedem nosso endereço eletrônico e não sabemos em que mãos desonestas esses nossos endereços honestos vão parar, tenhamos, enfim, a oportunidade de ver a justiça sendo feita?

Eu sou mesmo muito otimista no meio de tanto pessimismo em que se transformou a vida, não sou?  

Citação

Justiça de RO multa Google por ‘fofocas’ no Orkut – Artigo – notícias

Infância roubada, com música “Ameno” e tradução sábado, abr 19 2008 

O lado positivo de computadores e da Internet é encontrar uma mensagem preciosa como a que recomendarei.
 
 
Clicar – ou não, à vontade do freguês – no slide que mostra uma foto do álbum do grupo Era, e terá o fundo musical com a canção “Ameno”.
Eu estava à procura dessa letra e tradução para inserir neste blog, mas… havia a possibilidade de que os assediadores – que são psicopatas – entendessem a tradução do modo errado, como só o intelecto diminuto e a libido deformada dos psicopatas entendem: como uma permissão para continuar a me assediar.
Na mensagem “Infância Roubada”, todavia,  a tradução está perfeitamente contextualizada: a perversidade da guerra traz às principais vítimas – as crianças – todo o reflexo do egoísmo, da ignorância causada pela miséria intelectual e financeira dos psicopatas.
Conclusão: a humanidade não existe mais, foi tragada pela psicopatia universal. Prova disso é que nos países mais miseráveis impera a corrupção deslavada, embora os países ricos também tenham essa desgraça.
Em todo país miserável impera a corrupção.
Todo país corrupto corrompe a humanidade.
Logo, países ricos ou pobres não se diferenciam em nada, pois quem corrompe tem poder político e econômico para isso.
A solução é fazer o que for indispensável para que os psicopatas deixem de ser ídolos e se tranformem em vilões.
 

Para saber mais sobre golpes virtuais, lendas urbanas, hoaxes domingo, jun 10 2007 

Um endereço muito útil é:
Porque golpes virtuais não são evitados por antivírus, firewall e outros mequetrefes, mas pelo estado de alerta de não se deslumbrar com golpes e com golpistas.
Não é garantia de que o nosso microcomputador, comprado e pago de modo honesto, fique livre de golpistas, psicopatas e "traders" tupiniquins, mas é mais um recurso para driblar os que querem ganhar, de modo fácil, com dinheiro público, inclusive (ah, não sabia que há sites e até provedores que ganham dinheiro público para aplicar golpes?), de quem, como eu, toma sorvete pela testa.
 
 

Próxima Página »