procissao_passos_itu_2013_2_site Diocese de Jundiaí

Os passos de Jesus Cristo a caminho da cruz

Na noite de domingo, dia 24 de março, centenas de fiéis estiveram presentes na tradicional Procissão de Passos, que aconteceu nas ruas do centro de Itu, após a missa das 18 h no Convento de Nossa Senhora do Carmo. Esta procissão é uma piedosa peregrinação que lembra o caminho feito por Cristo em direção ao Calvário. Em Itu, acontece desde a primeira década do século XIX.

A procissão segue em dois cortejos. Um vai pela rua do Patrocínio, com o andor de Nossa Senhora das Dores em direção ao Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus (Igreja do Bom Jesus). O outro segue com a imagem do Senhor dos Passos pela rua Barão do Itaim, onde acontecem as paradas que relembram os sete passos de Jesus Cristo até a cruz.

Durante as sete paradas, o Coral Vozes de Itu, juntamente com sua orquestra, entoam os Motetes escritos em 1890 por José Mariano da Costa. Enquanto o cântico é entoado, o sacerdote carmelita entra, abençoando os moradores. Em seguida acontece o canto da Verônica, composto por padre Jesuíno do Monte Carmelo, por volta de 1804.

Quando os cortejos se encontram no Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus, ocorre o sermão do encontro. Nele Monsenhor Durval de Almeida, reitor do Santuário, refletiu sobre a fé do povo, que persevera nas orações e solenidades da Semana Santa, desde a época dos padres jesuítas, em Itu.

Devido à chuva que se aproximava a procissão não prosseguiu. Entrou no Santuário. Frei Adailson Quintino, reitor do Convento do Carmo, conduziu as orações intercaladas com os Motetes até o sétimo passo. Concluído o último passo, Frei Adailson refletiu sobre a dor de Nossa Senhora ao ver seu filho desfigurado a caminho da cruz. “Irmãos, qual dor de Nossa Senhora ao ver seu filho desfigurado sendo conduzido à morte. Infelizmente é essa dor que muitas mães sentem hoje, ao verem seus filhos sendo levados pelas drogas e pelo crime. Rezemos pelas mães de hoje, que sofrem ao verem seus filhos no calvário das drogas e do crime,” concluiu Frei Adailson.

Ao final, Frei Adailson abençoou a todos e pediu que ao retornar para casa, todos continuassem em clima de oração, refletindo os passos de Nosso Senhor.

viaDiocese de Jundiai – Os passos de Jesus Cristo a caminho da cruz.