O endereço, indicado abaixo, “não vale mais”, a não ser que esteja interessado em um funeral por meio de uma funerária chinesa. Ô, louco!
Forbidden City
  • Forbidden City

A IBM e o Museu do Palácio anunciaram em 2008 a abertura da Cidade Proibida da China ao mundo virtual. A “fortaleza” 72 hectares, construída há 600 anos abre agora as portas para revelar ao mundo centenas de anos de história e cultura.
Num projecto que durou mais de 3 anos, IBM fez uma recriação virtual meticulosa da arquitectura e dos artefactos das antigas bases do Palácio, permitindo que os visitantes tenham, através da Internet, uma visão em primeira-mão de uma China Imperial integrada num design muito particular e numa história e cultura, agora bem acessível, da Cidade Proibida.
“A Cidade Proibida: Para além do espaço e do tempo” (www.beyondspaceandtime.org) é a primeira aplicação do género, integrada de modo tão completo na tecnologia 3D, conseguindo recriar os ambientes deste tesouro da cultura chinesa, em tempo das dinastias Ming e Qing.
A Cidade Proibida foi originalmente construída para abraçar a ideia do Imperador como o centro do universo, com uma série de pátios e portões impressionantes, bem como edifícios que ressaltam um design que pretende reforçar a segurança e o poder. Este Palácio ficou concluído em 1420, cerca de 12 anos depois do início da sua construção, e contém centenas de edifícios fascinantes e artefactos históricos, tendo no passado dia 10 de Outubro completado 83 anos enquanto museu e uma das maiores atracções culturais da China.
Os visitantes podem agora experienciar um vasto e maravilhoso espaço, com recurso a tecnologia do mundo virtual. Em vez de experienciarmos as maravilhas de uma forma isolada, a Cidade Proibida virtual permite-nos ver e interagir com outros utilizadores e vários personagens que acompanham o percurso. À medida que explora a Cidade Proibida Virtual, o utilizador pode escolher observar simplesmente, ou fazer visitas e participar em actividades que fornecem uma visão dos aspectos importantes da cultura Qing.

Projectos de Responsabilidade Social – Educação – Cultura

 

Anúncios