Desculpem-me pelo atraso em postar este boletim de Carta Maior, mas problemas no microcomputador e, depois, no acesso à Internet, atrasaram minha correspondência eletrônica. Sem o computador, fiquei sabendo pela TV que o Egito estava livre do ditador. Vibrei muito, como se eu fosse egípcia. Concordo que a retomada da vida política, social e econômica será difícil, mas espero, do fundo do coração, que os obstáculos sejam superados com a galhardia da civilização que sempre influenciou a cultura ocidental, com suas conquistas, com seus fracassos, enfim, com a lição da cultura.

Atentem para o Fórum Social Mundial que se encerrou no mesmo dia da libertação do Egito.

Caso não visualize esse email adequadamente acesse este link


Boletim Carta Maior – 14 de Fevereiro de 2011
Ir para o site


FSM termina afirmando importância geopolítica da África
Horas depois da queda do ditador egípcio, cerimônia de encerramento do Fórum é marcada por discursos em defesa das lutas em curso no continente africano como parte essencial do movimento anticapitalista e antiimperialista.
> LEIA MAIS | Movimentos Sociais | 12/02/2011
• Assista ao vídeo da cerimônia de encerramento do FSM 2011
• Veja página com a cobertura especial do FSM 2011

Encontros do G-8 e G-20 na França serão alvos de protestos
Movimentos sociais e ONGs que participam do Fórum Social Mundial 2011 definiram que as reuniões dos países do G-8 e G-20 terão importância central nas mobilizações deste ano. Protestos de rua, cursos de formação e atividades de lobby estão entre as ações previstas para 2011, definidas nas assembléias realizadas pelas organizações nessa quinta-feira (10), em Dacar.
> LEIA MAIS | Movimentos Sociais | 11/02/2011
• Assembléia dos Movimentos Sociais define ações para 2011/2012
• Boaventura: “O mundo precisa de ações sincronizadas”.
• Assista ao vídeo com a participacao de Boaventura no FSM 2011



Anúncios