Não bastassem os cybercriminosos aborígenes, teremos que lidar com os que acessam as instituições financeiras do Brasil como se estivessem no exterior!

Não engulo essa de que os cybercriminosos estejam, de fato, no Leste Europeu, porém recomendo a leitura do texto, porque instituição financeira que não toma precauções, entre outras, em relação à invasão de cybercriminosos aborígenes e do exterior nos deixa inseguros.

Eu pago a assinatura de segurança no microcomputador. Renovo, rigorosamente, dentro da data, Confio nela, tanto que estou com a mesma desde 2002.

Todavia, cybercriminosos, usualmente competentes e habilidosos (muito mais do que eu, reconheço, mera mortal que utiliza a Web para o bem), assim como determinados funcionários públicos de todos os setores, querem "ganhar por fora" ajudando o crime organizado, que não registra carteira profissional, não paga as obrigações trabalhistas e permite que os cybercriminosos "acumulem" funções para as quais recebem e não precisam declarar rendimentos.

Detalhe importante: assim como determinados funcionários da segurança da vida real, depois que "as portas são arrombadas", oferecem os serviços de segurança. Que país complicado, não? Assim, também, alguns candidatos a cargos eletivos: participam ou incentivam determinados atos ilegais e omissões na elaboração de leis e, depois, oportunisticamente, fazem disso plataformas eleitorais.

Já comentei, aqui mesmo neste meu espaço, sobre um oportunista que anunciava aparato para impedir entrada de ar junto com a água e me senti ultrajada porque, como deputado, deveria apresentar lei de que todos, sem exceção, que exploram serviços de água e esgoto deveriam instalar hidrômetros com esses aparelhos já acoplados, sem que isso representasse custo para o consumidor que paga para nascer, paga para viver, paga para morrer, enquanto muitos terceirizados só lucram e não prestam contas, não pagam tributos (em benefício da sociedade em que prestam serviços) e não estão sujeitos às penas das leis trabalhistas. Hoje, esse deputado é candidato a governardor: xô, Satanás! E que não finja que não tem acesso, por meio de lacaios, às minhas opiniões, porque tenho provas por meio de retaliações a mim e a familiares: sou tonta, mas não sou barata, sou muito cara! 

Citação

Brasil pode se tornar alvo de hackers do Leste Europeu, alerta chefe do FBI – MSN Notícias
Brasília – O crescimento da economia brasileira pode resultar em uma mudança no perfil dos crimes cometidos pela internet contra as instituições financeiras do país. A exemplo do que já ocorre com bancos norte-americanos, o Brasil poderá passar a ser …

Anúncios