Após três dias de apresentação, dias 25, 26 e 27/06/2010, o boi Caprichoso foi eleito o vencedor do Festival de Parintins/AM.

Vale a pena conferir no Especial Parintins 2010, do jornal A Crítica, de Manaus/AM.

Há vídeos para assistir e toadas do Caprichoso e do Garantido para ouvir e baixar como toques de celular.

Para quem aprecia as exibições dos bois, é cômodo escolher o vencedor.

Para quem faz parte do festival, deve ser muito triste ter que enfrentar a derrota.

Fica, contudo, a lição desses contendores com relação à apresentação do “boi contrário”, pois manifestações só são permitidas da galera que está se apresentando.

A galera contrária tem que permanecer absolutamente silenciosa, sob risco de perder pontos no quesito galera.

Assisti apenas à apresentação do dia 27/06/2010, última das três noites, em que cada boi tem 2h30m para se apresentar.

Emocionei-me com a procissão fluvial em honra de Nossa Senhora do Carmo, quando o boi Caprichoso se apresentou, saído de uma proteção de palha, dentro do barco, com a bandeira do Brasil presa aos “beiços”. Ainda bem que as cores da bandeira não têm o vermelho do contrário.

Já a galera do Garantido, ao brincar com as cores do Brasil, substituiu o azul do boi contrário pelo vermelho.

Confira o site do jornal A Crítica, que está em “manutenção”, mas deixou o Especial Parintins 2010 para nossas consultas.

Festival de Parintins 2010 | A Crítica

Anúncios