MyHeritage Portugeese Blog


Usando a rede para salvar acervos

Posted: 09 Aug 2011 12:07 PM PDT

Ontem, colocamos aqui a experiência de um grupo de pessoas (550) que estão se divertindo e ao mesmo tempo preservando sua memória. Leia aqui.

Eles usam um Grupo montado no Facebook para se reunirem, trocarem memórias e lembranças e se fossem todos parentes, (são de alguma forma), estariam usando a maior Rede Familiar da Internet, MyHeritage.com.

Diferente da coleta de fotos, documentos e depoimentos que o seu site em MyHeritage permite, buscando entre seus parentes estas fontes históricas, a ideia aqui é trazer fotos e depoimentos de outras fontes que não sejam a sua família. Este sempre foi um desafio para qualquer genealogista pois é dispendioso e nem sempre traz resultados. Não se pode sair em busca de todas as pessoas que conviveram com você e olhar foto por foto o acervo desta pessoa. é quase impossível, da forma que vamos descrever, o acervo vem até você.

Sabe aquela foto de você ainda criança entre estudantes do ensino básico? Quem foi a sua professora, você se lembra dela? A festinha de aniversário que você foi e que foi registrado em fotos ou vídeos? São momentos que talvez você nem se lembre mais, mas continuam na memória de outras pessoas.

A ideia é bem simples, mas exige um bocado de disposição, e algumas regras, para que tudo dê certo.

Você vai montar o seu grupo de amigos de infância, ou conhecidos da mesma cidade.

O importante é que todos saibam que o local do grupo é democrático, qualquer opinião é bem vinda mas todos deverão se respeitar. O grupo será um local onde não existem opiniões políticas, religiosas ou sociais, assim como em uma festa de família onde as palavras podem magoar, no grupo também pode ocorrer isto, então retira-se imediatamente os tópicos que possam trazer discussões desnecessárias e não produtivas ao grupo.

Primeiramente é necessário que você dê o início ao grupo.

MONTAGEM DO GRUPO – Usando o Facebook

(1) – Verifique primeiramente, fazendo uma pesquisa no Facebook se já não existe em sua cidade algum grupo já formado.

(2) – Monte o grupo, (recurso disponível em sua página), usando um nome bem sugestivo para que seus amigos possam se identificar e se localizarem imediatamente. Usar o nome da cidade é bastante recomendado, mas este nome pode já estar sendo usado com outra finalidade o que vai inviabilizar o projeto o que te dá a missão da escolha correta deste nome.

(3) – Usando as configurações do grupo, coloque como “fechado” para que somente pessoas convidadas possam entrar no grupo. Como você será o mediador, convêm a cada novo membro convidado, você verifique na página deste membro se os dados condizem com os objetivos do grupo de reunir apenas pessoas da mesma cidade. Desta forma, pessoas já convidadas podem também convidar outros amigos que sejam amigos em comuns ou pessoas da cidade.

(4) – Após a abertura do grupo, verifique entre os seus amigos do Facebook aqueles que fazem parte de sua infância e de sua cidade, convide-os.

(5) – Você é o mediador deste grupo, não tenha nenhuma dúvida em excluir os membros que porventura não estejam postando mensagem adequadas e que levem o grupo a uma confusão de objetivos.

Dando Start – Começando.

Coloque a primeira foto e para isso procure mostrar fotos de grupos de estudantes onde constem bastante personagens. Estas fotos fazem muito sucesso pois a lembrança dos tempos de escola são bem marcantes em todos nós. Procure não identificar todas as pessoas você mesmo, deixe o grupo se desenvolver. Peça aos outros membros do grupo inicial de amigos que façam o mesmo, ou seja, convidem outros colegas de escola e coloquem novas fotos de escola ou colégio para que os outros ajudem na identificação. O desenvolvimento das fotos que serão postadas, identificação vai se dar de forma natural, mas incentive sempre para que as pessoas procurem novas fotos em seus arquivo. Faça o monitoramento do grupo e mantenha sempre a ordem nas postagens das mensagens para que todas as pessoas possam opinar.

Você vai perceber que começarão a sair dos baús fotos cada vez mais antigas, e que trazem um pouco da história da cidade, das pessoas e do desenvolvimento da cidade.

Você vai perceber também que seus amigos estão com fotos suas que você nem conhecia e que foram tiradas em diferentes momentos de sua vida e você nem se lembrava mais. Este talvez seja o grande sucesso de seu grupo, pois se você estiver montando a sua árvore genealógica, será possível achar fotos suas e de seus parentes em várias caixas de sapato, ou álbuns de outras pessoas.

Nesta foto (1962) aparecem alguns de meus parentes – Acervo de uma amiga.

O aparecimento de fotos antigas é bem natural pois as pessoas desejam mostrar suas antigas fotos e em cada foto existe uma história a ser contada, um prédio que chama a atenção, uma roupa diferenciada e tantos outros detalhes que nos fazem relembrar do passado.

Cuidado: Pode ocorrer de que, no grupo, apareçam pessoas querendo fazer propaganda de comércio ou empresas, ganharem votos ou apenas tumultuarem o grupo, seja rápido e elimine estes entraves imediatamento com o seu poder de mediador.

Sua coleção de fotos vai aumentar assustadoramente.

Agora é hora de você montar a sua árvore genealógica com estas fotos que vocês trocaram no grupo. São momentos registrados por outras pessoas, são comentários feitos pelos seus amigos e fotos que você nem vai acreditar que existiam. Se você ainda não montou a sua árvore genealógica comece agora. Clique aqui e dê início.

Depois de montado o seu grupo, (e não deixe de experimentar), nos chame para fazer uma visita. Esta é uma ideia tão simples mas que já trouxe a um grupo de pessoas verem um documento guardado a muitos anos e que não só fez a história das pessoas, mas também a história da cidade e do país. Um documento centenário, peça de museu que se tornou público.

Documento do Império – Acervo Museu Major Novaes

Procure preservar o seu acervo de fotos, identificando as pessoas na foto e use este recurso bem simples de compartilhar de uma forma segura e pratica as suas fotos. No seu site em MyHeritage, esta facilidade já existe, você pode dividir com seus parentes fotos, vídeos e memórias, mas, somente com seus parentes. É necessário que você saia em busca de outros acervos onde possam existir imagens suas para ampliar o conhecimento de sua pessoa para as gerações que ainda estão por vir e que irão agradecer por você ter tido a preocupação de preservar documentada a sua vida.

Caso você tenha gostado da ideia e tenha montado o seu grupo nos conte a sua experiência. Comente.

Email delivery powered by Google

About these ads